Edir Macedo estaria evitando os Estados Unidos?

Edir Macedo estaria evitando os Estados Unidos?
Bp. Edir Macedo – Foto reprodução

A coluna de Lauro Jardim da Veja informou que Edir Macedo, tem evitado permanecer nos Estados Unidos. De acordo com a publicação, fontes da própria Igreja Universal do Reino de Deus relacionam essa distância ao julgamento de Regina Silva, ex-tesoureira de sua igreja em Nova York.

Apesar de Macedo e sua família residirem nos Estados Unidos, eles têm passado cada vez mais tempo no Brasil.

O julgamento tem data marcada para 12 de outubro. Regina é acusada de lavagem de dinheiro por operações feitas entre 1995 e 2001 para a Igreja Universal. A apuração do caso corre em caráter sigiloso.

A Igreja Universal do Reino de Deus é investigada nos EUA desde o ano passado sob suspeita de ter praticado os crimes de lavagem de dinheiro e conspiração, similar ao que o Código Penal brasileiro chama de formação de quadrilha.

Regina da Silva é acusada pela Promotoria de Justiça de Nova York de fraudes e falsificações para obter empréstimos hipotecários de mais de US$ 22 milhões (pouco menos de R$ 40 milhões).

Segundo informações da Folha Online, o advogado de Regina, Andrew Lankler, disse na audiência que ela cumpriu com a maior parte das exigências legais para assegurar as hipotecas. Ele argumentou que Silva não foi a beneficiária das transações, mas sim a própria Universal.

Para a acusação, a tesoureira declarou falsamente ter feito reuniões em duas unidades da Universal de NY para que os fiéis aprovassem os empréstimos.

De acordo com a acusação, as reuniões nunca ocorreram, e as hipotecas das duas igrejas jamais foram aprovadas pelos interessados. A tesoureira conseguiu assim 11 empréstimos, no total de US$ 22,107 milhões.

O promotor de NY, Cyrus Vance, afirmou: “fraude é sempre errada, mas é especialmente escandalosa quando os criminosos fazem uso de organizações religiosas, tribunais e agências estatais em seus esquemas”.