Política Edir Macedo ataca lei da homofobia

Edir Macedo ataca lei da homofobia

Edir Macedo ataca lei da homofobia, Globo e Igreja Católica

O bispo Edir Macedo, que normalmente é contido em relação a outros pastores neopentecostais, resolveu ir ao ataque, valendo-se de sua musculatura mediática e política. Os alvos sdos ataques do Bispo Edir Macedo são o projeto de lei que criminaliza a homofobia e os seus eternos inimigos, a Rede Globo e a Igreja Católica.

Na semana passada, o fundador da Igreja Universal se reuniu com o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), seu sobrinho, e outros senadores para discutir um texto alternativo ao projeto contra a homofobia.

No domingo (15), ele publicou em seu blog texto de um “obreiro anônimo” criticando a “cartilha gay”, termo cunhado por pastores, que o governo pretende distribuir às escolas públicas. O suposto obreiro acusa o movimento gay, infiltrado no governo, de querer transformar o filho dele em homossexual. “É meu, somente meu, o direito de não desejar um filho gay!”, diz.

O principal telejornal da TV Record, cujo dono é Macedo, deu destaque ontem a uma reportagem segundo a qual pais acreditam que a cartilha do governo vai incentivar a homossexualidade entre os estudantes. A apresentador Janine Borba leu que os “pais estão indignados” e psicólogos, preocupados, além de “muita reclamação nas ruas do Brasil”.

Na Record, o clima é de festa, porque a sua programação se manteve ontem das 6h às 12h na liderança pela primeira vez, impondo à Globo o segundo lugar. O próprio bispo teria telefonado para a direção da emissora para parabenizá-la. Foi, até agora, o mais bem sucedido resultado de ibope da Record em sua investida contra a Globo.

No domingo, a Record, em seu principal programa da noite daquele dia, dedicou uma longa matéria sobre como a Igreja Católica se beneficiou dos negros escravos foram trazidos para o Brasil. Um repórter foi a Angola e mostrou, entre outras coisas, a capela onde os negros eram batizados antes de embarcarem para cá.

Houve a apresentação de descendentes emocionados de escravos e de estudiosos locais. O enfoque da reportagem do “Domingo Espetacular” não foi a escravidão no Brasil, mas o apoio da Igreja Católica à escravidão. “A Igreja Católica tinha seus próprios escravos”, disse o repórter.

O bispo Edir Macedo está mais ativo do que nunca.

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.amigodecristo.com
Pl.weblolg

Últimas notícias

Garoto cristão de 13 anos é condenado a dez anos de prisão, na Nigéria

As autoridades nigerianas foram amplamente criticadas após condenar um garoto cristão de 13 anos a dez anos de prisão por blasfêmia. Omar Farouq foi...

Igreja Evangélica vence Instagram na Justiça e têm perfil restabelecido

A rede social Instagram por decisão da Justiça, foi obrigado a restabelecer o perfil da Igreja Presbiteriana de Anápolis e republicar todo o conteúdo...

“Cristo me perdoou por muito mais”, diz cristão ao perdoar homem que o esfaqueou

O perdão é a chave para a fé cristã, porque fomos muito perdoados por Deus e somos chamados a perdoar os outros e mostrar-lhes...

Eritreia liberta 27 cristãos presos há dezesseis anos sem julgamento

No inicio deste mês, cerca de 27 cristãos foram libertados da prisão de Mai Serwa, perto da capital da Eritreia, Asmara, em 4 e...
© Copyright Amigo De Cristo. Todos os direitos reservados.