Tragédias fazem parte do plano de Deus?

Tragédias fazem parte do plano de Deus?
Tragédias fazem parte do plano de Deus?

Tragédias fazem parte do plano de Deus? Um site ateu conhecido por seus vídeos que satirizam o cristianismo relançou o vídeo The Story of Suzie [A História de Suzie]. Trata-se de um desenho animado que mostra os cristãos como pessoas iludidas, sempre orando a Deus para pedir ajuda em meio às tragédias.

A figura central é uma personagem chamado Suzie. Religiosa fervorosa, ela vê o amor e a intervenção de Deus em todos os lugares, enquanto um narrador sugere o contrário.
Antes de ir para a cama, Suzie ora pedindo que Jesus cure os enfermos e alivie o sofrimento no mundo. Mas quando acorda, “os problemas do mundo continuam lá”, avisa o narrador. Suzie racionaliza, acreditando que, “de alguma forma, tudo faz parte do plano de Deus”.

Produzido pelo site The Thinking Atheist [O Pensador Ateu], o vídeo insiste que, enquanto Suzie continua a buscar a Deus quando há violência, desastres naturais ou doenças, suas orações servem apenas para trazer-lhe conforto, não produzindo qualquer mudança real.
Autor de vários livros, o teólogo Dr. Norman L. Geisler disse que o vídeo contém uma série de equívocos.

“Você olha ao redor e acaba se identificando com Suzie, porque também acha que isso tudo (desastres, doenças etc) é o mal,” disse ele. “Mas se o mal existe, então deve haver um padrão para o bem. Se há uma linha torta neste mundo, deve existir uma linha reta. Se há uma linha reta, deve ser Deus.”

O vídeo também apresenta uma visão muito limitada da presença de Deus na vida de Suzie, disse o dr. Geisler, um conhecido apologista cristão e filósofo. Quando trata da recuperação de Suzie de uma doença, por exemplo, o vídeo deixa de reconhecer que foi Deus quem projetou o corpo humano com a capacidade de curar-se naturalmente, disse Geisler.

No vídeo, quando Suzie fica doente, ela ora pedindo cura. No entanto, o narrador diz que ela só melhorou depois que “pagou um médico, tomou remédios e levou duas semanas para se recuperar naturalmente”. Quando um furacão mata milhares, Suzie ora e agradece a Deus que mais pessoas não foram mortas.

Vídeo – A História de Suzie

Suzie ora pedindo a Jesus para curar os que padecem com doenças. Mas o narrador observa que ela pede a Jesus para que se descubra uma vacina em algum laboratório, porque “Deus está ocupado”.

O vídeo aplica uma mensagem semelhante a outros eventos na vida de Suzi. Desastres naturais e doenças não são parte do plano original de Deus para o mundo, declarou Geisler, mas é o pecado do homem que “desarruma” a ordem natural. “Nós trouxemos a morte, o julgamento e por isso a criação inteira geme.

Não havia tornados, furacões ou tsunamis no Jardim do Éden. Não haverá qualquer coisa do tipo no novo céu e nova terra”, disse ele. “Deus fez um mundo perfeito. Ele vai refazer tudo. Entre uma coisa e outra, nós bagunçamos tudo.”

Ele destacou ainda que os cristãos geralmente estão na vanguarda quando se trata de responder a catástrofes naturais, como os grupos cristãos humanitários Samaritan’s Purse e Visão Mundial.

Deus permite o mal, mas não o cria”, salientou o apologista cristão. “Em toda situação, Deus trabalha para o bem. Por exemplo, você vai ao dentista sabendo que será doloroso, mas se não fizer isso, será mais doloroso ainda. Deus permite o mal para trazer um bem maior”, conclui. O canal do Thinking Atheist no YouTube já teve mais de 4 milhões de acessos.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui