Notícias de Igreja Justiça nega Habeas Corpus para líderes da Igreja Renascer em Cristo

Justiça nega Habeas Corpus para líderes da Igreja Renascer em Cristo

Justiça nega Habeas Corpus para líderes da Igreja Renascer em Cristo

O Tribunal de Justiça de São Paulo negou na sexta-feira (1) um pedido de habeas corpus para suspender a prisão preventiva dos fundadores da Igreja Renascer em Cristo, Estevam Hernandes Filho e Sônia Haddad Moraes Hernandes. Os dois tiveram a prisão decretada por faltar a uma audiência do processo em que são acusados de transformar a Renascer e as dez empresas do grupo numa organização criminosa.

A defesa dos Hernandes enviou atestado médico para o juiz titular da 1ª Vara Criminal, Antonio Paulo Rossi, afirmando que o casal não compareceu à audiência porque Estevam teria um derrame ocular. O juiz considerou a justificativa insuficiente e decretou a prisão preventiva pedida por promotores do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

Uma nota de esclarecimento aos fiéis da igreja foi exibida nos canais de TV e emissoras de rádio que pertencem à Rede Gospel, administrada pela Igreja Renascer. Nela, Estevam Hernandes afirma que os problemas de saúde impediram que comparecesse à sessão e que “o quadro apresentado reclamava vários cuidados médicos e assistência pessoal da bispa Sônia”.

Lista de acusações
Os donos da Renascer e seus sócios são acusados de desvio e lavagem do dinheiro arrecadado nos cultos e de praticar uma série de golpes contra os próprios fiéis. Além disso, a Procuradoria do Estado de São Paulo processa as empresas do grupo por falta de pagamento de impostos – a dívida já chega a R$ 7 milhões.

Fiscais da Fazenda Estadual rastrearam oito contas bancárias pelas quais passaram nos últimos dois anos R$ 46 milhões não declarados à Receita Federal. Em 25 anos de existência, a Renascer acumulou 1.500 templos no Brasil e em outros seis países. E está na mira da polícia há três anos.

O advogado de defesa do casal, Luiz Flávio Borges D’Urso, que foi reeleito na quinta-feira (30) presidente da seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), disse ao Jornal Nacional na sexta-feira que o processo corre sob segredo de Justiça. “Nenhuma consideração sobre o mérito da causa ninguém pode fazer. Nem eu, nem o juiz, nem o promotor. Foi decretado segredo de Justiça nesse processo, então, quanto ao mérito, nenhuma consideração pode ser feita por ninguém.”

Além dos Hernandes, a polícia procura pelos irmãos Antonio Carlos Ayres Abbud, Ricardo Abbud e Leonardo Abbud, sócios do casal nas dez empresas investigadas por suspeita de lavagem de dinheiro.

 Com informações da TV Globo  e G1

Visite: Amigo De Cristo, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel,Frases cristã

Últimas notícias

Guerras e perseguições: “A fé de uma cristã na Síria”

As guerras e perseguições cercam a vida de milhares de cristãos na Síria, assim como a de Sozan, uma cristã de 22 anos. A...

A perseguição força os cristãos do Laos a praticar a fé em segredo

Os cristãos no Laos continuam a enfrentar várias formas de perseguição e discriminação, o que força muitos deles a praticar sua fé emsegredo na...

Cuba liberta Jornalista preso por reportagem sobre julgamento de pastor

Um jornalista e advogado cubano foi libertado da prisão em Guantánamo, Cuba, depois de ficar quase um ano preso por seu trabalho de reportagem...

Bieber lança música cristã ‘Holy’ sobre fé e acreditar em Deus

O astro pop Justin Bieber lançou uma nova música cristã inspirada no evangelho intitulada 'Holy', que se baseia em temas de fé e esperança....
© Copyright Amigo De Cristo. Todos os direitos reservados.