Crentes podem ir a um motel?

Crentes podem ir a um motel?

O que não falta em nosso meio são mentes legalistas e ignorantes quanto o assunto é sexo. Ainda hoje, isso é tabu pra muita gente. É claro que você pode ir com sua esposa (um casal devidamente casado) em um motel e aproveitar uma boa noite de relacionamento sexual. Isso faz bem pro corpo, pra alma e para o casamento. Mas, vamos pontuar algumas coisas antes que nos crucifiquem!
Não existe um lugar que podemos considerar impróprio para o ato sexual. Adultério e fornicação são disfunções da alma, e isso acompanha o ser humano onde ele estiver. Se não podemos frequentar motéis por conta do que é praticado lá dentro, então não podemos frequentar farmácias, churrascarias, supermercados, teatros ou cinemas, etc. Pois as mesmas pessoas que frequentam motéis, também frequentam estes outros lugares.
Já vi vários textos bíblicos serem citados para crentes não usarem motéis. Todos os textos em sua maioria, são utilizados fora do contexto para criarem uma culpa legalista nas pessoas casadas que desejam ir a um motel. O fato é avaliar a motivação que me leva em um motel, e tudo se torna simples de se resolver.
Cantares ou Cânticos, é o livro mais erótico da Bíblia, e lá, o noivo se satisfaz com as carícias da noiva em um lugar paradisíaco, isto é, um lugar que favorece a relação sexual dos dois. Um ambiente erótico que ajuda o casal a desenvolver sua sexualidade de forma mais plena. Se o motel contribui para essa plenitude, então não vejo nenhum mal.
Devo ir a um motel porque amo minha esposa e me relaciono mais livremente (privacidade) com ela lá do que em casa, com telefones tocando, filhos, vizinhos ou cachorros. Nossa relação sexual e a satisfação do outro, é mais importante do que qualquer lugar que estejamos. O que torna um lugar impróprio são as motivações egoístas como fantasias sexuais que envolvem terceiros na relação, fetiches relacionados a humilhação, taras e apetrechos em pênis ou vaginas de borracha para “apimentarem” uma relação. Se a minha satisfação não estiver na minha esposa somente, então qualquer lugar se torna impróprio, até mesmo a cama onde o casal dorme. Afinal sexo só é bom, quando faz bem para os dois e glorifica a Deus que o criou dentro das paredes do matrimônio.
Legalizar ou criar regras para a liberdade sexual de um casal, é um pecado grave dos legalistas de plantão, e deixo aqui a sabedoria do Apóstolo Paulo que diz: Já que vocês morreram com Cristo para os princípios elementares deste mundo, por que é que vocês, então, como se ainda pertencessem a ele, se submetem a regras: “Não manuseie!”; “Não prove!”; “Não toque!”. Todas essas coisas estão destinadas a perecer pelo uso, pois se baseiam em mandamentos e ensinos humanos. Essas regras têm, de fato, aparência de sabedoria, com sua pretensa religiosidade, falsa humildade e severidade com o corpo, mas não têm valor algum para refrear os impulsos da carne. (Colossenses 2:20-23) (Grifo meu – NVI)

Autor: Bruno dos Santos é Diretor do VidaSat Comunicações, Coordenador Geral da CIA (Coalizão das Igrejas Apostólicas) e pastor da Igreja Vida Nova em São Paulo. Escritor e Conferencista, é formado em Teologia com especializações em Novo Testamento e Liderança. Casado com Silvia Regina, é pai do Lucas, da Laís e da Ana Luiza.

Fonte: www.guiame.com.br

Veja outros artigos realcionado com o sexo cristão:

  1. A BÍBLIA NÃO É UM MANUAL SEXUAL, MAS…
  2. A MULHER E SUAS CONQUISTAS NA SEXUALIDADE 
  3. Vida sexual do casal cristão 
  4. Sexo oral entre casados é pecado? 
  5. O que pode na cama de crente?

Visite: Amigo De Cristo, Videos Amigo De Cristo

1 COMENTÁRIO

  1. Tudo me é lícito, mas nem tudo "me" edifica…
    Afinal, ir a um motel pra que? apenas pra ser polêmico?
    Se a felicidade de um casamento independe do local, então que seja no lar.

  2. Olá, a paz Educação e Lazer!
    Bem eu compreendo sua posição sobre o assunto, assim como as demais acima que não concordam.

    Mas eu penso da seguinte maneira; que nós não somos santificados pelo lugar onde por venturas possamos estar, mas quando somos santificados pela palavra, que através da Verdade que somos santificados e a Verdade é a Palavra de Deus, Jo 17.17, “Santifica-os na Verdade; a tua palavra é a verdade”, não importa o lugar onde possamos estar, pois o lugar será santificado por nós!

    E sobre a matéria em tela, ela aborda vários aspectos e entre eles; a questão da privacidade atrelado com um ambiente que possivelmente se diferencia do leito casal em contraste com erotismo ocasional, que pode muito a contribuir em uma experiência agradável entre o casal!
    Bom, é apenas minha opinião!
    Paz e obrigado pela sua visita e seu precioso comentário.
    No amor de Cristo Falbo

  3. A paz.

    Realmente a questão é complicada, mas não acho correto um casal cristão ir a tal lugar.
    Apimentar o relacionamento é correto, mas deve existir alguns cuidados.

  4. crente pode ir ao motel?
    Esta pergunta me foi feita e eis a resposta que dei.
    Resposta
    Acho errado pelo seguinte motivo.
    Quantas pessoas vão ao motel para se prostituírem, traírem seus cônjuges se entregam a luxúria e sabe se lá que tipo de perversão pode ocorrer num motel. Quando Moisés chegou perto da sarsa ardente ele recebeu uma recomendação.
    (Êxodo 3:5) – E disse: Não te chegues para cá; tira os sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa.

    O local aonde Moisés se encontrava era santo pois o senhor nosso Deus ali estava, pois no motel é o inverso, devido a tudo que disse anteriormente torna o local um lugar propício para demônios, e luz (crente) e trevas (motel) não devem se misturá.

    O fato do autor citar, famácia, supermercado, etc. como sendo local que adulteros por exemplo, frequantam e seguindo o raciocinio que anteriormente usei, então estes lugares seriam também impróprios para o cristão. Para mim não procede, uma fez que um adúltero (por exemplo) não usa o local para praticar o adultério. Ou seja o local, satisfaz os desejos ilícitos da carne, portanto não pode ser um local abençoado. Fugir da aparência do mal é bíblico, portanto não devo frequentar lugares aonde o espírito santo não frequentaria, devido os atos ante cristão ali praticados.

  5. Olá.
    Rapidamente gostaria de relatar minha experiência pessoal:
    No dia que nos casamos, eu e minha esposa ganhamos um presente de uma parente dela em dinheiro para irmos a um lugar especial.
    Concordamos que seria um motel, já havíamos conversado antes a respeito.
    Ambos éramos virgens e antes de termos nossa primeira relação sexual oramos juntos lá no quarto do motel, consagrando nosso matrimônio ao Senhor, nos colocando diante dEle para nos darmos mutuamente e sermos fonte de prazer um pro outro.
    O que se seguiu foi uma noite maravilhosa de carinho e sexo sem um mínimo de culpa.
    Abraço a todos.
    Davi

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui