Crianças cristãs asiáticas são perseguidas nas escolas

0
Crianças cristãs asiáticas são perseguidas nas escolas
Crianças cristãs asiáticas são perseguidas nas escolas

Em alguns países da Ásia Central, as crianças cristãs, estão sendo perseguidas nas escolas por frequentarem grupos domésticos aos domingos, para aprender as línguas inglesa e russa, que são ministradas tanto para filhos de cristãos quanto de muçulmanos.

crianças cristãs ameaçadas

As aulas proporcionam também uma oportunidade para alcançar seus corações através do evangelho e do amor de Cristo. Mas quando uma das professoras da escola onde essas crianças frequentam ficou sabendo, ela fez sérias acusações e os ameaçou dizendo que, se participassem dos grupos domésticos novamente, ela informaria a polícia e o diretor da escola. Ela ainda enfatizou que os alunos seriam expulsos e que os cristãos seriam presos.

A professora também acusou os professores e líderes da igreja local de extremismo religioso e assustou bastante as crianças com essas declarações. A situação da igreja na Ásia Central está cada vez mais delicada. Em maio, a Portas Abertas divulgou uma matéria que contava a história de um menino de apenas 6 anos que gostava de louvar a Deus. “Já estivemos na delegacia por causa de um motorista de táxi que disse aos policiais que meu filho vivia cantando músicas cristãs”, disse a mãe.

Essa realidade tem mudado bastante as características da igreja na Ásia Central e, algumas vezes, tem prejudicado até mesmo os eventos realizados por ela. Recentemente, um líder cristão de outra cidade, juntamente com seus colaboradores realizarão um evento onde ocorreu um conflito com a professora.

Ao chegarem lá, foram recepcionados por apenas dois fieis, porque os demais estavam com medo de serem presos. A cada dia que passa o termo “cristão secreto” se torna mais comum entre os asiáticos e a liberdade religiosa é algo cada vez mais distante para eles.

Deixe uma resposta