Corredora Cristã da Etiópia ganha medalha de ouro

“Sou uma cristã limpa.” O meu trabalho e fé são os únicos combustíveis na pista.

0
Corredora Cristã da Etiópia ganha medalha de ouro e quebra record Mundial
Corredora Cristã da Etiópia ganha medalha de ouro e quebra record Mundial

Almaz Ayana Eba é uma corredora etíope, especializada em provas de 3000 m e 5000 metros, campeã mundial e detentora da segunda melhor marca da história na segunda distância.

Ayana baixou em quase 14 segundos o recorde mundial dos 10 mil metros, nesta sexta, no Engenhão, uma de suas adversárias, a sueca Sarah Lahti, questionou o resultado, sugerindo que a campeã olímpica teria corrido dopada.

Ayana rebateu às suspeitas de doping: “Fiz meu treino especificamente pros 5 mil metros. “Sou uma cristã limpa.”  O meu trabalho e fé são os únicos combustíveis na pista. “O treino e Jesus são o meu único doping.

Em entrevista ao jornal sueco “Expressen”, logo após a prova, Sarah Lahti colocou em cheque o desempenho da adversária:

“Você não vê expressão facial no rosto dela, ela apenas corre enquanto nós estamos lutando por nossas vidas. Quanta diferença pode existir? Não posso dizer que ela não é limpa, mas há pouca dúvida.”

Foi apenas a segunda vez na carreira que Almaz, 24 anos, competiu nos 10 mil metros, já que sua prova de especialidade é os 5 mil. Ela ainda vai competir nessa categoria na semana que vem.

“Meu plano era fazer uma boa corrida, eu não pensava em quebrar o recorde, mas felizmente consegui”, afirmou a fundista após ganhar a primeira medalha do atletismo no Rio.

Almaz fez 29min17s45 nesta sexta. O recorde anterior, da chinesa Wang Junxia, durava desde 1993.(*informações UOL)

Deixe uma resposta