Enfermeira cristã é suspensa por nove meses ao orar por colega muçulmana

0
Enfermeira cristã é suspensa por nove meses ao orar por colega muçulmana
Enfermeira cristã é suspensa por nove meses ao orar por colega muçulmana

Uma enfermeira cristã, de 37 anos, foi suspensa por nove meses de um hospital psiquiátrico, em Londres, depois de ter orado pela sua colega de trabalho muçulmana.

O Serviço Nacional de Saúde (SNS), suspendeu Victoria por nove meses, mas com salário integral. A queixa foi apresentada pela própria colega muçulmana, depois que outros colegas de trabalho a pressionaram para denunciar a cristã, de acordo com o Daily Mail.

“Deus, eu confio que você vai trazer a paz e a cura”, orou a enfermeira Victoria Wasteney, de 37 anos, por sua colega muçulmana Enya Nawaz, 25, que trabalham juntas no Hospital Psiquiátrico John Howard, em Londres.

Victoria pretende apresentar uma ação legal contra a SNS pela discriminação em razão da religião, e por infringir seus direitos garantidos pela Convenção Europeia dos Direitos Humanos.

“É ridículo ver que agora as pessoas não podem discutir abertamente sobre religião ou a sua própria espiritualidade”, disse a enfermeira. “Será que vamos chegar ao ponto de as pessoas terem medo de convidar colegas de trabalho para o batismo de seus filhos ou um casamento, por medo de ofender?”

Victoria já havia dado a sua colega o livro “Eu me atrevi a chamá-lo de Pai”, que é sobre uma mulher muçulmana que se converte ao cristianismo, e a convidou para eventos da igreja, incluindo um dia de esportes e uma reunião de contra o tráfico humano.

A enfermeira disse que ela não é uma evangélica linha-dura ou anti-muçulmana. “Eu acredito na liberdade de expressão, mas eu sempre acreditei que devemos ser sensíveis às crenças e sentimentos dos outros.”

No dia em que ela orou por Nawaz, a enfermeira disse que sua colega veio a ela em lágrimas por causa de problemas de saúde. “Eu coloquei a minha mão em seu joelho para confortá-la, perguntei se estava tudo bem, e disse: ‘Você quer que eu ore por você?’”, disse Victoria.

“Ela disse que sim, então eu pedi a Deus para trazer paz e cura. Ela saiu do escritório depois, e disse que ela estava bem.”

*informações de The Christian Post

Deixe uma resposta