Barco da Bíblia distribui 15 mil Bíblias em 75 dias navegando

1
Barco da Bíblia distribui 15 mil Bíblias em 75 dias navegando
Barco da Bíblia distribui 15 mil Bíblias em 75 dias navegando

O Barco da Bíblia após de 75 dias navegando pelo Rio Amazonas, levando esperança ao povo ribeirinho,  retornou a Belém (PA), no último dia 7, levando os resultados do esforço de pessoas dedicadas à Causa da Bíblia: mais de 15 mil exemplares do Livro Sagrado foram distribuídos. “Todos se envolveram com muito amor e dedicação em mais esta ação da SBB. Visitamos várias cidades e, com certeza, vidas foram transformadas por meio da Palavra de Deus”, avalia Reuel Klayber Ferreira, secretário regional da SBB em Belém.

Oito cidades, de dois estados, foram atendidas durante a ação que faz parte do programa Luz na Amazônia, desenvolvido pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). Além da distribuição de Escrituras, o barco possibilitou à população conhecer o Museu da Bíblia, instalado na embarcação. Os dois meses e meio de viagem foram marcados pela alegria no rosto daqueles que entravam em contato com as Escrituras Sagradas. Mas também houve momentos de dificuldade, lembra Ferreira: “Uma tempestade de ventos fortes empurrou o Barco da Bíblia para areia e ficamos encalhados. Na tentativa de desencalhar o barco, a hélice bateu em uma pedra e sofreu avarias. Conseguimos combustível, ajuda e consertamos a hélice”.

Com mais de cinco décadas de existência, o programa Luz na Amazônia atende a população ribeirinha da Amazônia. As ações são desenvolvidas com o apoio de duas embarcações, uma estruturada com ambulatório e consultórios; e outro chamado Barco da Bíblia, usado nesta ação.

O Luz na Amazônia é um dos programas bíblicos de impacto social da SBB e é realizado com o apoio de parceiros, voluntários e doadores. Os interessados em colaborar podem fazê-lo depositando ofertas diretamente na conta corrente da SBB (identificando como “Luz na Amazônia”): Banco Bradesco – Ag 3390-1 – c/c 18.512-4). Para mais informações, ligue 0800-727-8888.

Fonte: Sociedade Bíblica do Brasil

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta