Marina Silva poderá receber apoio das Igrejas Assembleia de Deus

2
Marina Silva poderá receber apoio das Igrejas Assembleia de Deus
Marina Silva poderá receber apoio das Igrejas Assembleia de Deus

Marina Silva poderá receber apoio das Igrejas Assembleia de Deus – A Igreja Assembleia de Deus poderá trocar o pastor Everaldo por Marina Silva. Segundo informações do “UOL”, a Assembleia de Deus pretendem decidir nesta semana quem apoiarão para presidente da República. A tendência é fechar posição em torno da candidatura de Marina Silva.

A Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, que representa as 44 convenções regionais da igreja, planeja receber Marina Silva e Pastor Everaldo, do PSC, a partir de 5ª feira (18.set.2014). Um dos dois será escolhido e o apoio será anunciado em seguida.

“A impressão que eu tenho é que – a decisão – tende para Marina”, diz o pastor Lelis Washington, presidente do conselho político da entidade.

A Convenção apoiou candidatos tucanos nas últimas 3 eleições. Em 2002, José Serra, em 2006, Geraldo Alckmin e em 2010, novamente José Serra. A predileção pelo PSDB não se repetirá neste ano. Marina e Everaldo pertencem à Assembleia de Deus e a igreja se viu diante da tarefa de escolher entre dois de seus próprios fiéis –“um problema que todo mundo gostaria de ter”, segundo Washington.

O Censo de 2010 contou 12,3 milhões de fiéis da Assembleia de Deus. A entidade tem sua própria contabilidade, mais generosa, e estima que 10% da população brasileira –cerca de 20 milhões de pessoas– frequente as suas igrejas.

Nas eleições anteriores, a Assembleia de Deus optou pelos tucanos pois foram eles que “assumiram compromissos com o nosso segmento”, diz Washington. Entre eles, a rejeição de projetos de lei que criminalizam a homofobia e legalizam o casamento gay. Ambos “afetariam a nossa liberdade de culto”, segundo o pastor.

A primeira versão do programa de governo divulgado por Marina Silva previa o apoio à criminalização da homofobia e o casamento gay. Após a reação de parte da comunidade evangélica, Marina recuou e disse que tal trecho havia sido publicado por um “equívoco” na consolidação do texto.

Na pesquisa Datafolha mais recente (de 8 e 9.set.2014), Dilma Rousseff (PT) lidera entre os eleitores que se dizem católicos, com 40% contra 29% de Marina Silva.

Entre os evangélicos pentecostais e os não pentecostais, a liderança é de Marina, com 41% e 44%, respectivamente, contra 32% e 26% de Dilma.

O teólogo e pastor da Igreja Presbiteriana,  Marcos Botelho, comentou em outro folhetim, ele diz que não é regra alinhar voto pela religião do candidato. “Não pensamos e não agimos em grupo”, diz

Com informações: UOL

2 COMENTÁRIOS

  1. Como eu já disse numa flase eu quero marina silva na presidência .gostaria mesmo que o povo cristão. Votace para maria silva porque éla é uma mulher de deus que teme a palavra de deus que com sertesa todos os dia que elá chegar no planalto primeira coisa éla vai doblar seus juelho na presença de deus e vai orar para deus dar a direção pra éla governar bem todas as coisa para que todo mundo ceja feliz é isto que o Brasil precisa

  2. É hora de os cristãos acordarem para uma realidade que causa espanto em todos os cidadãos, evangélicos ou não, precisam-se de candidatos comprometidos com todos os seguimentos da sociedade. No Brasil, vive-se de modismo. Hoje, as discussões giram apernas em torno de quem concorda com esse ou aquele tema, no entanto, em uma democracia quem decide os caminhos do País é o cidadão e de preferência nas urnas. Acredito que, a candidata Marina poderá propor essas decisões ao Plebiscito, pois os temas que foram decididos dentro de gabinetes de políticos sofremos as consequências até hoje.
    Quanto a escolha da candidata, em primeiro lugar é porque se trata de uma pessoa com experiência política suficiente, inclusive se fosse por falta de alguma experiência a presidente Dilma não teria ganho, pois jamais foi vereadora deste País. Não se discute certos temas, mas a Igreja Evangélica precisa tomar uma posição, pois é mais fácil elegermos um só candidato do que se votarmos em vários.
    Espero como outros cidadãos que a candidata trate de grandes problemas como saúde, educação, moradia, salários de servidores públicos, pois sem estes não existe possibilidade nenhuma de um país se desenvolver.

Deixe uma resposta