Aluna recebe suspensão na escola ao dizer “Deus te abençoe”

3
Aluna recebe suspensão na escola ao dizer “Deus te abençoe”
Aluna recebe suspensão na escola ao dizer “Deus te abençoe”

Aluna recebe suspensão na escola ao dizer “Deus te abençoe” – A frase comum aos cristãos, “Deus te abençoe” foi motivo de suspensão para aluna em uma escola da cidade de Dyesburg, no estado norte-americano do Tennessee (EUA).

A adolescente Kendra Turner, matriculada na Dyer County High School, disse a frase para uma colega quando esta espirrou, expressando o desejo de que a colega ficasse saudável. No entanto, a professora entendeu que era impróprio e ordenou que a aluna deixasse a aula imediatamente e fosse para a sala da direção, onde recebeu uma suspensão.

No Brasil, quando alguém espirra, o termo mais comumente usado nestas circunstâncias é “saúde”. Já nos Estados Unidos, a frase mais usada é “Deus te abençoe”, devido a uma tradição cultural iniciada ainda na Europa, em 590 d. C., quando o papa Gregório I ordenou aos fiéis católicos que desejassem a benção divina a qualquer pessoa que manifestasse sintomas de doenças, incluindo a peste bubônica.

Em entrevista à emissora WMC TV, Kendra afirmou que a frase “Deus abençoe” faz parte de uma lista de expressões que a direção da escola proibiu: “Nós não estamos autorizados a dizer expressões como ‘Deus te abençoe’; ‘Desculpe. Foi minha culpa’; ‘rolê’; ‘idiota’; ‘estúpido’ e coisas assim”.

A adolescente disse que a professora não levou em consideração a questão cultural: “Ela perguntou por que eu disse isso, e eu disse a ela que eu estava sendo educada. Então ela me perguntou quem me disse que aquela expressão era sinal de cortesia, educação. Eu disse a ela que o meu pastor e meus pais me ensinaram a agir assim”, resumiu Kendra.

A aluna contou com apoio da igreja Assembleia de Deus que frequenta com os pais. A denominação promoveu um debate sobre liberdade religiosa e Kendra afirmou que não gostaria que a professora fosse tratada de forma hostil, apesar de sua atitude. “Eu quero que seja permitido falar sobre Deus na escola. Eu quero que eles percebam que Deus está no controle e eles não. Eu também não quero que a professora seja atacada, porque esse é o tipo de comportamento seria prejudicial e desrespeitoso”, concluiu.

Com informações: Gospel Mais

3 COMENTÁRIOS

  1. excelente,ela agiu muito bem,deu um baile em muitos aqui no Brasil que se envergonham do evangelho de Deus, nem tem coragem de dizer Deus te abençoe, sendo um país laico…!!

Deixe uma resposta