Pastor é preso por suspeita de tráfico de drogas em (SP)

2
Pastor é preso por suspeita de tráfico de drogas em (SP)
Pastor é preso por suspeita de tráfico de drogas em (SP)

Pastor é preso por suspeita de tráfico de drogas em (SP) . Um pastor de uma igreja evangélica de Hortolândia (114 km de São Paulo) e mais duas mulheres foram detidos em flagrante nesta segunda-feira (28) por suspeita de tráfico de drogas.

Felipe Nikolaos Tetradis, 34, (Foto) era pastor da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Maanaim, (MINISTÉRIO KERYGMA). Com o trio, foram apreendidos 45 pinos de cocaína, 128 pinos de crack e seis quilos de maconha.

De acordo com a comandante da Guarda Municipal, Luzanira Nascimento, os guardas municipais abordaram Tetradis, a mulher dele, Sara da Silva Andrade, 24, que está grávida de 4 meses, e a ajudante de cozinha Monik Pardim Rodrigues, 21, enquanto o trio entrava no carro, no Jardim Amanda 1, na frente da casa da mãe de Sara.

“O local onde eles foram abordados fica perto de um ponto de venda de drogas e já é conhecido dos GMs”, disse Luzanira.

Com o religioso, os GMs encontraram um tubo de cocaína e R$ 130 em dinheiro. Já com Monik, que estava sentada no banco traseiro do carro, os guardas apreenderam 28 embalagens de crack, cocaína e maconha e mais R$ 150 em dinheiro.

Dentro do veículo, foram encontrados mais porções de droga. A mulher do pastor não estava com nenhum entorpecente.

O pastor alegou que havia comprado a droga por ser usuário, mas a ajudante contou que ele era o chefe do tráfico e que ela vendia as drogas para ele. Já em relação à Sara, eles disseram que ela não tinha envolvimento com o tráfico e que eles foram apenas buscá-la na casa de sua mãe.

Entretanto, os guardas foram até a casa do casal no Jardim Santa Fé e localizaram o restante das drogas, além de embalagens, balança, martelo, marreta, luvas, bacias, fitas e tesoura.

O pastor foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisório (CDP) da cidade. Já as mulheres foram encaminhadas à Cadeia Pública de Santa Bárbara d`Oeste. Os suspeitos ainda não têm advogados constituídos.

Informações: UOL

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois é… o que mais a mídia quer é difamar o evangelho. A palavra Pastor está bem enfatizada, E quem paga o pato são os verdadeiros cristãos, que muitas vezes não tem nada a ver com isto. Sou do município de Hortolândia e que eu saiba, ele não é pastor a muito tempo… Mas de qualquer forma, ele é um falso… a Biblia diz que no meio do trigo existe o Joio, ou seja, no meio dos verdadeiros seguidores do evangelho existe os fingidos. Não podemos julgar a todos os cristãos pelo erro de minoria, o mesmo se aplica a outros grupos da sociedade…
    Este é o mal do Ser humano.

Deixe uma resposta