Pastor nos EUA reúne Igreja para socorrer 200 motoristas presos no gelo

Pastor nos EUA reúne Igreja para socorrer 200 motoristas presos no gelo
Pastor nos EUA reúne Igreja para socorrer 200 motoristas presos no gelo

Pastor do Texas ajudou a socorrer mais de 200 motoristas em uma tempestade de gelo no Texas, centro-oeste dos EUA. Presos e isolados em local de difícil acesso, os motoristas contaram com a ajuda de um pastor, que mobilizou sua Igreja para prestar socorro.

O Rev. Gary Sweatman, da cidade de Sanger, no Texas (EUA), acompanhava notícias do tráfego local na última sexta-feira (6), com a notícia de uma nevasca que comprometia o fluxo dos carros, e percebeu que a situação poderia se comprometer.

Depois de adormecer, enquanto o acontecimento se desenrolava, a tempestade de neve piorou, e o pastor resolveu tomar alguma providência ao sentir um sinal de Deus para oferecer ajuda. “Quando vi a transmissão da tempestade na TV, decidi ir até a igreja. Foi assim que o Senhor disse ‘Levanta-te rapaz'”, afirmou ele.

Pastor Gary D. Sweatman e esposaEm busca de voluntários, Gary e sua esposa foram até a igreja para reunir uma equipe que pudesse dar o socorro às pessoas presas no meio da tempestade. Para facilitar o trabalho de mobilização, a esposa do pastor utilizou as redes sociais convocando voluntários.

Mesmo próximo ao local do acidente, em uma distância de seis quilômetros, o resgate levou quase uma hora para chegar no local. O grupo reunido pela igreja foi um dos primeiros a chegar, contando depois com a ajuda dos serviços de emergência locais.

Na sequência, as pessoas foram conduzidas até a igreja, que recebeu a ajuda de estabelecimentos comerciais da região, com a distribuição de agasalhos e alimentos para que as pessoas pudessem se recuperar da ação do frio aterrorizante que paralisou a estrada Interstate 35 no Texas.

Durante o domingo (8), o pastor Sweatman teve que cancelar o sermão para prestar assistência. Assim, os membros da congregação puderam dedicar todos os recursos para garantir que todos retornassem à estrada com segurança.

Informações: The Christian Post

COMPARTILHAR