Mulher vai presa durante ritual com criança na porta de igreja em Goiás

4
Mulher vai presa durante ritual com criança na porta de igreja em Goiás
Mulher vai presa durante ritual com criança na porta de igreja em Goiás

Uma mulher foi presa em Mineiros, no sudoeste de Goiás, durante um ritual realizado em frente à igreja Matriz, na tarde de sexta-feira (21).

Segundo a Polícia Militar, ela estava com uma criança de 3 anos, da qual é madrinha, além de álcool, soda cáustica, várias caixas de fósforo e uma bíblia. “Ela falava que ia livrar a cidade do Satanás”, disse ao G1 o cabo Carlos Alexandre Lemos Morais, que esteve no local.

De acordo com o militar, por volta das 12h, o menino estava só de cuecas, aos pés de uma cruz em frente à igreja. Ajoelhada aos pés da cruz, a mulher pronunciava palavras desconexas, com uma bíblia e um crucifixo. “Ela estava surtada. Não falava coisa com coisa. Só fazia rezas e cânticos. Quando eu a abordei, ela me xingou, jogou álcool na minha cara e eu a prendi”, relata

Cabo Alexandre afirma que a criança correu risco de morrer. Segundo o militar, antes de chegar à praça, a mulher passou em um supermercado e comprou três litros de álcool, a soda e os fósforos. “Ela colocou um pouco de álcool em uma aliança no chão e ateou fogo. Ao lado do fogo, estavam as três garrafas com o restante do material inflamável. E o que ela queria com tanto álcool e a soda?”, questiona.

A mulher foi levada para a delegacia, mas como não chegou a fazer nada com o menino, a Polícia Civil lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por periclição de menor, ou seja, colocar a integridade de criança em risco. Bastante alterada, ela não conseguiu prestar depoimento e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) a uma clínica psiquiátrica.

 

Mulher vai presa durante ritual com criança na porta de igreja em Goiás
Mulher vai presa durante ritual com criança na porta de igreja em Goiás
Mulher estava com três litros de álcool, soda e fósforos

Os policiais entregaram o menino ao Conselho Tutelar da cidade, que localizou os pais e devolveu a criança. Ao G1, a conselheira Coraci Pereira de Oliveira disse que ele estava com a mulher porque ela é amiga da família e madrinha do garoto.

“Essa família vai passar por acompanhamento e receber orientações. Também vamos encaminhar a criança para o apoio psicológico”, disse a conselheira.

Informações: G1

4 COMENTÁRIOS

  1. Essa mulher tava sendo usado pelo demonio pra fazer trabalho pra essa cidade.. ia era destruir mais.. ela estava envocando lucifer .. ii por ela nao ter terminado vai sofrer as consequençias… DEUS vai proteger esse menino .. ele nao teve cupa de nda … DEUS vai fazer a obra .. e satanás vai ficar envergnhado.. ele se levanta e pra cair …

Deixe uma resposta