Pastor e bispo são presos com menor de idade dentro motel no PR

3
Pastor e bispo são presos com menor de idade dentro motel no PR
Pastor e bispo são presos com menor de idade dentro motel no PR

Um pastor e um bispo de uma igreja evangélica foram presos na noite de quinta-feira (14) em um motel de Toledo, no oeste do Paraná, na tarde desta quinta-feira (14/11). De acordo com o site Jornal do Oeste, os suspeitos são líderes de uma igreja evangélica – pastor e bispo – e a menor, uma fiel.

Ricardo Edmundo da Silva, 38 anos, que se intitula bispo da Igreja Livro da Vida, e Lindenberger Assis de Souza, 40 anos, pastor foram encaminhados à Polícia Civil, ficaram presos e responderão por estupro. A menor e a mãe dela foram ouvidas pelo Conselho Tutelar.

De acordo com o conselheiro Juliano Varanis, o órgão recebeu a denúncia por volta das 15h de que dois homens de aproximadamente 40 anos estavam em um quarto de um motel na BR 467, saída de Toledo, acompanhados de uma jovem de 17 anos, moradora do interior de Bragantina.

“Chamamos a Polícia Militar e Polícia Civil e nos deslocamos até o local, onde fizemos a abordagem e constatamos o fato”, revela ao indicar que as informações eram de que a irmã, de 14 anos, também já participou de atos sexuais, assim como outras meninas da igreja.

“Ele (bispo) me pegou de moto em casa, por volta das 13h e viemos para Toledo e fomos até o supermercado e lá, o Linderberger veio de carro e fomos para o Motel, onde ficamos por uns 20 minutos até que a polícia e o Conselho Tutelar chegaram. Eu tive relacionamento com o Bispo Ricardo sim, mas com o Linderberger não, ele apenas me beijou, mas não na boca, no pescoço, me acariciou. Neste ano foi a terceira vez que nós nos relacionamos, eu era virgem e foi ele quem tirou a minha virgindade”, declarou a menor, na presença da mãe e de uma conselheira.

Na delegacia, os religiosos negaram ter mantido relações sexuais com a adolescente.
Agora a Polícia Civil deverá interrogar a todos e os suspeitos deverão responder pela acusação de estupro.

Com informações: jornalpopulacional.com.br

3 COMENTÁRIOS

  1. Muitos aqui dizendo que n são verdadeiros evangelicos como se os evangelicos fossem santos, chega de proteger criminosos pessoal, vamos olhar com justiça e não com idolatria, n tem essa de igreja certa, tradicional ou etc… vários pastores, padres e bispos são pego todos os dias com roubo uso de drogas estupros e tudo que é de ruim, e a culpa é do capeta, assim é bom colocar a nossa culpa nos outros, espero que o ser humano pare de achar bode espiatório para seus erros e sejam menos hipócritas aceitando e tentando se corrigir das coisas ruins que fazem… Cadeia neles…

  2. Será que eles foram realmente os culpados?Ora,da forma que ela relatou o caso com tanta “naturalidade”…é muita pouca vergonha e irresponsabilidade.Agora de pastor e bispo,eles não tem nada e sim fazem parte de uma turma de pilantras usando igrejas,que não são tradicionais como as verdadeiras,Assembleias de Deus,Presbiterianas,Batistas etc…

  3. Esses homens não podem ser chamados de pastores e nem bispos, são homens usados pelo diabo para afastar pessoas do Evangélico de Cristo, porque aquelas pessoas que ainda não aceitaram Jesus como Salvador, passam a olhar os verdadeiros homens de Deus com desconfiança. É lamentável, mas temos muitos lobos vestidos de cordeiro para enganar e se aproveitar das pessoas.

Deixe uma resposta