Marco Feliciano critica Jean Wyllys por correr de debate na CDHM

4
Marco Feliciano critica Jean Wyllys por correr de debate na CDHM
Marco Feliciano critica Jean Wyllys por correr de debate na CDHM

Marco Feliciano critica Jean Wyllys por correr de debate na CDHM. – Os deputados federais Marco Feliciano (PSC-SP) e Jean Wyllys (PSol – RJ) trocaram acusações e xingamentos, mais uma vez, na última semana, pelo microblog Twitter. Projetos envolvendo questões homossexuais, que tramitam na Câmara dos Deputados, foram o pano de fundo da nova ‘troca de farpas’.

Duas propostas pretendem retirar direitos obtidos pelo grupo LGBT nos últimos meses. A primeira de autoria de André Zacharow (PMDB-PR) e relatada por Marcos Rogério (PDT-RO) tem como efeito prático tentar derrubar a decisão de reconhecimento da união civil de pessoas do mesmo sexo pelo Supremo Tribunal Federal (STF), utilizando um plebiscito.

Saiba mais: Plebiscito sobre casamento gay é aprovado por comissão de Feliciano

O outro projeto quer sustar por decreto legislativo a resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que obrigou cartórios de todo país a registrar casamentos de homossexuais. Essa é de autoria de Arolde de Oliveira (PSD-RJ) e relatada por Pastor Eurico (PSB-PE).

Além dessas, foi rejeitada a ideia de que companheiros gays poderiam se tornar dependentes dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para assuntos e benefícios previdenciários. Para essa recusa, foi essencial a atuação do deputado Pastor Eurico, que era o relator.

Todos os projetos acima devem passar por análises de comissões e do plenário do Congresso Nacional.

Farpada…>

‘Se representasse a sua classe de verdade, estaria na CDHM para marcar posição’

Esses casos foram discutidos na quarta-feira (20) na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), presidida por Feliciano. Wyllys, ativista LGBT e ex-participante do Big Brother Brasil (BBB), não participou desses debates em Brasília (DF). Sobre isso, o pastor comentou: “Se representasse a sua classe de verdade, estaria na CDHM para marcar posição, defender, argumentar, mas esse sub-intelectual é covarde!”

E continuou: “Também os partidos que abandonaram a CDHM fugiram do debate. […] Quem foge do debate não é republicano, tampouco democrático, são apenas histéricos radicais”, postou Marco no Twitter no dia 21 de novembro. Ele ainda afirmou que o parlamentar do PSoL negou participação em um debate proposto por uma revista entre os dois.

Antes disso, no quarta (20), Jean Wyllys fez diversas provocações na mesma rede social: “A tal CDHM hoje é uma igreja de fundamentalistas. Nada que venha de lá deve ser levado a sério”, concluiu ele em uma série de 14 tweets. Nesses, ele chamou o presidente da CDHM – Feliciano – de “inoperante”, “incompetente”, “improdutivo” e “vendilhão”.

**As informações são do The Christian Post

4 COMENTÁRIOS

  1. marcos feliciano vc me representa tou com vc pra presidente desse pais sem moral onde a ditadura gey que cala com o cidadao de bem principalmente a familia brasileira ou coisa marcos na minha familia tenho 50 votos so pra vc espero que saia a presidente

Deixe uma resposta