Papa ordena saída de ‘bispo de luxo’ de diocese da Alemanha

Papa ordena saída de ‘bispo de luxo’ de diocese da Alemanha

Papa ordena saída de ‘bispo de luxo’ de diocese da Alemanha

Papa Francisco ordenou que o bispo alemão Franz-Peter Tebartz-van Elst, batizado pela imprensa como o  “bispo de luxo do papa” por gastar cerca de 31 milhões de euros (R$ 103 milhões ) em uma residência, deixe a diocese em que trabalha por um período indeterminado, informou o Vaticano nesta quarta-feira (23).

Saiba mais: Bispo alemão gasta 31 milhões da Igreja Católica para construir sua residência

A decisão, que representa quase uma demissão, foi tomada contra o bispo de Limburg dois dias após um encontro dele com o Papa para discutir o escândalo na Igreja da Alemanha, num momento em que Francisco busca ressaltar a importância da humildade e de servir aos pobres.

O caso revoltou os católicos alemães, num país em que Lutero promoveu uma reforma cinco séculos atrás após criticar abusos da Igreja, e levou o bispo a enfrentar uma forte pressão para deixar o cargo.

 Bispo do ‘luxo’do Papa Francisco

Os gastos com a construção da residência custaram um valor bem acima do orçamento inicial de 2,5 milhões de euros (R$ 7,4 milhões) previstos inicialmente. A quantia cresceu em boa parte por conta dos extras, como uma banheira de 15 mil euros (R$44,4 mil); uma mesa de reuniões de 25 mil euros (R$ 74 mil); e uma capela particular de 2,9 milhões de euros (R$ 8,5 milhões).

Com informações o GLOBO

Comente via Facebook, e curta nossa página =)

Reservamos o direito de não publicar comentários ofensivos, palavras indecorosas, links, propagandas, e todo o conteúdo que venha a violar a política do site - Comentários postados não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.

Postar Comentário

Siga-nos no G+