Cristão interrompe celebração de casamento gay nos EUA e protesta ‘Isso não é de Deus’

4
Cristão interrompe celebração de casamento gay nos EUA e protesta 'Isso não é de Deus'
Cristão interrompe celebração de casamento gay nos EUA e protesta ‘Isso não é de Deus’

Cristão, interrompe cerimônia de celebração de casamento coletiva GAY, nos Estados Unidos, realizada na cidade de Newark, capital do estado de Nova Jersey,  o religioso presente na cerimônia, declarou que era contra esse tipo de união: ‘Isso não é de Deus’.

A celebração foi realizada pelo prefeito da cidade, Cory Booker, que oficializou a união de sete casais homossexuais e dois heterossexuais.

O protesto do cristão Mark, ocorreu no momento da tradicional pergunta sobre eventuais posturas contrárias à união, o religioso se colocou em pé e declarou: “Isso é ilegal aos olhos de Deus”, e continuou, “A Bíblia diz que” aquele que se deitar com um homem como ele faz com uma mulher, é uma abominação aos olhos do Senhor “o cristão, de 24 anos de idade, identificado como Mark de Rouville, que logos após se opor, foi retirado do local pelos seguranças.

Prefeito: Cory Booker
Prefeito: Cory Booker

O prefeito Booker declarou que ele não tinha ouvido “qualquer razão substancial” pelo protestante, e deu continuidade nas cerimônias.

Posteriormente, Booker afirmou que aquela cerimônia de casamento era um dos “momentos mais mágicos” que ele já havia vivido, de acordo com informações do site NJ.com.

A celebração de casamentos entre pessoas do mesmo sexo no estado norte-americano de New Jersey passou a ser reconhecida esta semana, e as objeções a esse tipo de união tem sido registradas em diversas cidades, com ações na Justiça.

Com informações: Gosel+ / theguardian

4 COMENTÁRIOS

  1. É! O Senhor Jesus esta vindo pra resgatar os seus escolhidos que andarem e viverem em obediência a sua Santa Palavra, a aqueles que forem lavados e remidos no Sangue do Cordeiro.
    A bíblia diz em João 14- Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar.
    E,quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que onde estou, estejais vós também.
    Ai está a prova de que o Senhor vem em breve nos buscar.
    Glórias a Deus… VEM SENHOR JESUS!!!

  2. Lê no cap.1 versículo 26/27 do livro Romanos confiante na palavra do SOBERANO DEUS NA JUSTIÇA E NO DIA DO JUIZO FINAL
    procurando a paz e sabedoria do SENHOR JESUS CRISTO te seguirá o caminho estreito caminho da salvação eterna

  3. De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: Jesus voltará um dia para julgar a tudo e a todos (inclusive os homossexuais). O próprio Jesus garantiu isso na Sua Palavra:

    “Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão, para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e para que entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã” (Apocalipse 22:10–16)

    Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Mas, como quase sempre acontece na maioria das vezes, eles não me deram ouvidos. Muitos me chamaram de homofóbico, preconceituoso, fundamentalista (e outros nomes feios que eu nem vou citar aqui por questão de educação), enfim, me insultaram de tudo que é jeito.

    Só sei de uma coisa: estou com a minha consciência tranqüila (ou seja, eu já fiz a minha parte). Cumpri o meu dever de cristão (que foi alertar a todos sobre o pecado). Se, mesmo depois disso, esses homossexuais não quiserem se converter, é problema única e exclusivamente deles. No dia do juízo final, será cada um por si diante de Deus na hora de prestar contas. É como disse o apóstolo Paulo:

    “Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus” (Romanos 14:12)

    Se os homossexuais e seus cúmplices quiserem ver para crer, depois eles não vão poder dizer que não foram avisados!

  4. A verdade é a seguinte: Jesus veio ao mundo para salvar a todos os pecadores (e os homossexuais também estão incluídos entre eles).

    Se esses homossexuais (e também os seus cúmplices) não quiserem se converter, a própria Palavra que foi pregada a eles é quem os condenará. A respeito disso, Jesus foi taxativo:

    “Quem rejeitar a Mim e não receber as Minhas palavras, já tem quem o julgue: a Palavra que Eu tenho pregado, essa o julgará no último dia” (João 12:48)

    A Palavra de Deus está aí (sendo abertamente pregada a todos). Crer ou não crer depende do livre arbítrio de cada um (e cada um, através da sua crença ou descrença, decide o seu próprio destino eterno após a morte).

    Se os homossexuais (e seus comparsas) não quiserem se converter enquanto ainda há tempo, é problema única e exclusivamente deles. Mas no dia do juízo final, eles não vão poder dizer que não foram avisados! E aí já será tarde demais para o arrependimento!

    Será que esses homossexuais querem pagar pra ver se a justiça de Deus funciona ou não?

    Finalizo esta minha mensagem com um alerta do apóstolo Paulo:

    “Não erreis: Deus não Se deixa escarnecer; porque tudo que o homem semear, isso ele também ceifará” (Gálatas 6:7)

Deixe uma resposta