Ana Paula Valadão fala sobre preconceitos sofrido por parte dos evangélicos

Ana Paula Valadão fala sobre preconceitos sofrido por parte dos evangélicos
Ana Paula Valadão fala sobre preconceitos sofrido por parte dos evangélicos

Em uma matéria especial sobre os 15 anos do DT, o portal Uol publicou um vídeo sobre a história do inicio do Diante do Trono. A líder, Ana Paula Valadão, falou sobre o preconceito que Ministério sofre dos próprios evangélicos, assista ao vídeo e confira..

Além de depoimentos da própria líder do grupo, Ana Paula Valadão, o vídeo teve a participação de parceiros, como André Valadão, Nivea Soares e Helena Tanure, cantores que integraram a primeira formação do Ministério Diante do Trono.

Além de falar sobre o início do Ministério, a pastora e cantora abordou temas, como a assinatura de contrato com a Som Livre e os efeitos que isto tem causado entre os evangélicos.

“Hoje a gente enfrenta o preconceito do lado de cá, dos próprios evangélicos, que muitas vezes não entendem essa abertura da mídia, essa conquista que o meio evangélico está tendo junto aos meios de comunicação”, confessou.

Não somente a entrada do grupo para o “cast gospel” da Som Livre, mas também de outras bandas e cantores solo têm levantado um debate entre os evangélicos, que vai além do âmbito musical.

Sabendo que a Som Livre não é somente uma gravadora secular, mas também faz parte das organizações Globo, muitos cristãos protestantes têm se posicionado contra estas “parcerias”. O histórico – em certos momentos conturbado – do grande grupo de comunicação com os evangélicos vem se arrastando por alguns anos.

Fatos como a inserção de personagens “evangélicos” em novelas, têm contribuído para escrever o desenrolar desta história, que vez ou outra tenta se amenizar com aparentes parcerias Globo e evangélicos.

Com informações da UOL / Portal Guiame.

COMPARTILHAR