Renato Aragão discorda em humoristas usar religião como piadas

0
Renato Aragão discorda em humoristas usar religião como piadas
Renato Aragão discorda em humoristas usar religião como piadas

Renato Aragão discorda em humoristas usar religião como piadas

A temática “Religião”, sempre foi alvo de debates, e nesta semana no programa “Na Moral” quinta-feira(12), o apresentador Pedro Bial em seu programa, mediou um debate com os humoristas; Renato Aragão, Bruno Mazzeo, (Gregório Duvivier do Porta dos Fundos) e Helio de La Peña, no qual foi abordado a questão de humoristas  usar o conceito religião e humor.

O humorista global, bastante conhecido pelo personagem por ele vivido o “Didi” que há décadas é apresentado pela globo, falou sobre seu estilo humorístico, após ver um quadro de um dos vídeos do canal portas dos fundos, em que na cena fala sobre morte e religião, Bial pergunta se Renato Aragão já passou por algo semelhante “Eu nunca passei por esse temor de fazer piada sobre religião, não precisa usar a religião para fazer humor”, disparou Aragão. Eu acho que até agride, coisa que agride é você criticar uma religião, muçulmana, católica, evangélica, tudo”.

O humorista ateu, discorda e disse “Eu sou muito fã do Renato, mas neste caso eu vou ter que discordar”, iniciou Gregório a defesa do seu ponto de vista e de seu tipo de humor. E o humorista foi mais além: “Olha só, eu acho que é engraçado a gente desmistificar. O meu Deus não é o Deus de outras pessoas. Não existe um sagrado absoluto”.

Para rebater, o Renato Aragão fez apenas uma pergunta para o humorista: “Você tem alguma religião?”. Após ouvir a negativa, Renato prosseguiu: “Então, você está a caráter para falar desde que não agrida as outras religiões. Eu acho que o humor não precisa disso. Você é inteligente, eu te acompanho, na Portas dos Fundos e nas portas da frente”. Finaliza o Trapalhão.

Veja o vídeo abaixo:

O debate ainda rolou solto, mas, no final, Gregório não deixou de ressaltar o quanto é fã de Didi.
*Com informações TVG Globo

Deixe uma resposta