Igreja não pode ‘interferir espiritualmente’ na vida dos Homossexuais diz Papa Francisco

0
Igreja não pode 'interferir espiritualmente' na vida dos Homossexuais diz Papa Francisco
Igreja não pode ‘interferir espiritualmente’ na vida dos Homossexuais diz Papa Francisco

Igreja não pode ‘interferir espiritualmente’ na vida dos Homossexuais diz Papa Francisco

O papa Francisco declarou hoje, durante uma entrevista que a igreja não pode “interferir espiritualmente” na vida dos Homossexuais.

A entrevista, divulgada hoje pela revista La Civiltà Cattolica, aprofunda a visão de Franciso a respeito da Igreja Católica Romana. Eric Marrapodi e Daniel Burke, comentaristas de religião da rede de TV americana, acreditam que os comentários do Papa não fere a política ou a doutrina católica, mas mostram um movimento que vai da censura ao engajamento (em relação à polêmica).

“A Igreja, às vezes, se fecha em si mesma em coisas pequenas, em regras pequenas”, disse o chefe da Igreja de Roma. “As pessoas de Deus querem pastores, e não clérigos agindo como burocratas ou oficiais do governo”, acrescentou. Segundo Francisco, se a Igreja falhar em achar equilíbrio entre as missões espiritual e política, “vai ruir como um castelo de cartas”.

Sobre os divorciados e homossexuais, Francisco disse que “é preciso ter sempre em conta à pessoa” e acrescenta: “Deus acompanha às pessoas e é nosso dever acompanhá-las a partir de sua condição”, mas o que deve ser feito com “com misericórdia”. “Uma vez uma pessoa, para me provocar perguntou se eu aprovava a homossexualidade. Então respondi com outra pergunta ‘Diga-me, Deus quando olha uma pessoa homossexual aprova sua existência com afeto ou a rejeita e a condena?’”, relembrou.

No final de julho, quando voltava a Roma depois da Jornada da Juventude, realizada no Rio de Janeiro, Francisco já havia feito declarações parecidas. “Se a pessoa é gay, procura a Deus e tem boa vontade, quem sou eu para julgar?“, disse o Papa na época.

Informações: Terra

Deixe uma resposta