Pastor salva a vida de turista atacada por tubarão nos EUA

0
Pastor salva a vida de turista atacada por tubarão nos EUA
Pastor salva a vida de turista atacada por tubarão nos EUA

Pastor salva a vida de turista atacada por tubarão nos EUA

Um pastor nos Estados Unidos, colocou sua própria vida em risco, para salvar uma jovem que foi atacada por uma tubarão na Ilha de Maui, Califórnia.

Uma família que estava em férias na Ilha de Maui, quando a jovem de 20 anos foi atacada pelo tubarão.

O pastor Morre relata,”Estávamos na praia, ouvimos um grito de gelar o sangue”, disse o pastor Rick Moore, 57 anos, quando olhei para avistar o local de onde vinha os gritos de socorro, vi que havia sangue por toda parte na água ao redor da jovem turista.”

Ele colocou sua nadadeira e nadou em direção até ela, disse Moore, cerca de 10 metros dela, o pastor relata que a viu o braço da jovem flutuando sobre suas costas, completamente separada do seu corpo.”

“Ocorreu-me – eu estava em perigo agora”, disse ele. “O tubarão pode estar ainda por perto, e em torno de mim e dela que está sangrando muito. Nesse momento eu comecei a clamar em voz alta: ‘Deus, Deus nos proteja. Ela disse, ‘Eu estou morrendo. Sei que vou morrer. Ela estava começando a perder a consciência, disse ele.”

“Eu clamei a Deus, Senhor e eu tenho essa explosão de força, “Eu nadava em direção à costa, com o outro braço da jovem ao redor do meu pescoço, relata o pastor Moore que, bravamente nadou cerca de 100 metros através de fortes correntes oceânicas.

Um amigo de Moore, Nicholas Grisaffi, 61 anos, de Laguna Beach, ficou esperando ainda na costa oceânica, com a água até na altura do pescoço e tomou a mulher de Moore e levou a jovem seu corpo mormente para fora da água.

O pastor conta que “Quase todo mundo estava fora de controle, eles ficaram em estado de choque, vendo o sangue exceto eu”.
O pastor afirmou que a jovem “ia morrer” se não fosse socorrida, e que faria o esforço novamente por ter uma filha na mesma idade.

Moore e Grisaffi já visitou a jovem no hospital e disse que ela estava em condição estável.

Funcionários do departamento de Terras e Recursos Naturais do Havaí disse que este foi o sexto ataque desse tipo na ilha este ano, mas sem vítimas fatais. Nas praias existem avisos sobre o risco de tubarões, mas nem sempre as pessoas respeitam. A última vez que alguém morreu após um ataque de tubarão no Havaí foi em 2004, segundo os dados registrados.

Com informações: .nypost.com

Deixe uma resposta