Deputado Marco Feliciano denuncia abuso durante voo à Polícia Federal

1
Deputado Marco Feliciano denuncia abuso durante voo à Polícia Federal
Deputado Marco Feliciano denuncia abuso durante voo à Polícia Federal

Deputado Marco Feliciano denuncia abuso por ativista gays durante voo à Polícia Federal

Nesta terça-feira (13) foi formalizada por oficio a Polícia Federal a denúncia do abuso em que o Deputado Pastor Marco Feliciano, foi hostilizado por ativistas gays durante um voo entre Brasília e Guarulhos, em São Paulo.

Segundo o Deputado federal, ao reconhece-lo na aeronave, alguns ativistas gays passaram a hostilizá-lo com xingamentos e com a música “Robocop Gay”, dos Mamonas Assassinas. Feliciano afirmou ainda que os passageiros interviram na situação e o defenderam, mas com o tamanho do tumulto, o comandante da aeronave ameaçou retornar à capital federal.

Leia na íntegra o ofício da denúncia encaminha pelo pastor ao Diretor Geral da Polícia Federal de Brasília, Leandro Daielo Coimbra:

Excelentíssimo Senhor

LEANDRO DAIELO COIMBRA

Diretor Geral da Policia Federal

Brasília-DF

Senhor Diretor.

Solicito a Vossa Excelência providencias no sentido de instaurar Inquérito Policial para apurar fatos ocorridos na ultima quinta feira em voo de Brasília-DF, com destino a Belo Horizonte- MG, com escala em São Paulo, voo nº 5019 – Azul Linhas Aéreas, onde fui atacado por um grupo de rapazes que se portavam de forma deseducada e com trejeitos aparentes de homossexuais, com ataques a minha pessoa, inclusive, com contato físico me tocando, causando danos a minha pessoa, perturbando meu sossego. Ações desse tipo, em reação a minha atuação parlamentar causa um grande mal a democracia em nosso Pais, e serve de mau exemplo para os jovens.

Saliento que durante o voo, tomando conhecimento dos fatos e sabedor do risco que todos os passageiros correriam no caso de um tumulto generalizado, o Comandante ameaçou retornar o vôo para Brasília-DF.

Ao desembarcar em Guarulhos-SP, para conexão, fui contatado por agentes da Policia Federal que me orientaram a dirigir-me ao posto da PF no aeroporto para registrar os fatos o que não foi possível no momento devido ao tempo exíguo do novo embarque para o destino final onde tinha um compromisso contratual para ministrar palestra para milhares de pessoas.

Para minha surpresa, os mesmos agressores de forma acintosa, e certos da impunidade, postaram Vídeo, em anexo, gravado por eles mesmo na internet, vangloriando-se da agressão e citando a não ação da própria Policia Federal, como se vivêssemos num Pais sem lei, e que todos os passageiros do voo, seus tripulantes e o Comandante fossem também obrigados a passar por esses riscos sem nenhuma reação das autoridades.

Certo de vossa atenção, antecipadamente agradeço e coloco meu gabinete a disposição.

Pr. Marco Feliciano
Deputado Federal PSC/SP, Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias

Veja o vídeo: Marco Feliciano sendo hostilizado em Voo por Ativistas Gays

1 COMENTÁRIO

  1. Existe muita gente que possui uma ideia diferente sobre a vida e sobre Deus. Problema!
    Se alguém acha bom ser gay, problema dele;
    Se alguém acha legal defender o comportamento gay, vai em frente;
    Se alguém acha que desrespeitar as pessoas, discrimina-las pela sua fé é uma boa coisa, a justiça está aí para defender os oprimidos, e o que escapar da justiça de Deus não o fará;
    Se alguém acredita que é normal uma criança ser assassinada ainda no ventre, pode acha, tem o direito de achar, mas daí querer que todos achem a mesma coisa é absurdo;
    Podem achar o que quiserem!
    Só nunca poderão nos forçar a concordar, ainda que as lei sejam aprovadas, não nos dobraremos a essa sociedade decadente, não.
    Um dia O Justo Juiz (DEUS) trará a tona tudo isso em juízo, e ele já condenou a prática homossexual, ainda que alguém defenda.
    “Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.” (I Coríntios 6:10).
    “Processem Deus, está na Palavra Dele”
    Acreditam que todo mundo tem que viver e concordar com tudo que eles pensam ou fazem, não somos obrigado a isso, temos direitos legais.
    Nós, os cristãos, somos cidadãos que temos tanto direitos e deveres quanto qualquer um outro, e exigimos o respeito de qualquer grupo que se faça representar na sociedade. Temos nossa fé, nossos princípios, e a Palavra de Deus conosco, quem quiser viver sua vida a sua maneira viva, é um problema deles, contudo temos o direito de assumir posição de acordo com nossa fé e defende-la abertamente.
    Obs: Efeminados: Diz-se do homem que adota a aparência feminina, ou que tem gestos, modos que lembram os das mulheres; adamado. Excessivamente delicado; mole, brando, pusilânime. Diz-se do homem que é homossexual.

Deixe uma resposta