Quatro bombeiros são indiciados por improbidade no caso da boate Kiss

0

Quatro bombeiros são indiciados por improbidade no caso da boate Kiss

Quatro bombeiros são indiciados por improbidade no caso da boate Kiss
Quatro bombeiros são indiciados por improbidade no caso da boate Kiss

O Ministério Público do Rio Grande do Sul divulgou o resultado do inquérito civil do caso do incêndio na Boate Kiss, instaurado pelos Promotores, na sede das Promotorias de Justiça de Santa Maria. O Ministério indiciou quatro oficiais de bombeiros, três da ativa e um da reserva, que teriam deixado de lado várias normas legais ao concederem o alvará para o estabelecimento, cometendo improbidade administrativa, 

 Nenhum integrante do governo de Santa Maria foi responsabilizado elo MPRS e a conclusão do inquérito foi baseada no alvará de localização e no alvará dos bombeiros.

Participaram da entrevista coletiva o Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Marcelo Dornelles, e os Promotores de Justiça de Santa Maria Maurício Trevisan e Ivanise Jann de Jesus.

Fonte: Diário de Canoas


 

Deixe uma resposta