Pastor Silas Malafaia diz que Papa cedeu ao Lobby Gay do Vaticano

26
Pastor Silas Malafaia diz que Papa cedeu ao Lobby Gay do Vaticano
Pastor Silas Malafaia diz que Papa cedeu ao Lobby Gay do Vaticano

Pastor Silas Malafaia diz que Papa cedeu ao Lobby Gay do Vaticano

Após ter criticado a Igreja Católica, e ter discutido com um padre na rede social Twitter, sobre questões religiosas no dia 29, o pastor Silas Malafaia, em seu site, o verdade Gospel, faz novas críticas sobre uma entrevista que o Papa Francisco concedeu para os jornalistas durante sua volta para Roma, ainda dentro do avião.

  O pontífice falou sobre diversos assuntos como a reforma da Cúria Romana, o lobby gay e a evasão de fiéis, e também sobre a homossexualidade.

Veja a entrevista aqui: Se uma pessoa é gay e procura Deus, quem sou eu para julgá-la, diz Papa Francisco

Respondendo a uma pergunta sobre lobby gay no Vaticano, o Papa Francisco disse: “Se uma pessoa é gay e procura Deus e tem boa vontade, quem sou eu, por caridade, para julgá-la? O catecismo da Igreja católica explica isso muito bem. Diz que eles não devem ser discriminados por causa disso, mas devem ser integrados na sociedade”. 

Resposta que para o pastor Silas, se a Igreja católica sem ter uma posição incisiva contra o pecado, vão perder muito mais gente, segundo o pastor, ele questiona o por que o Papa não diz que a prática homossexual é pecado e Deus condena na sua palavra? (1 Coríntios 6.10 e Romanos 1 26.27). Pecado à luz da Bíblia está na ordem do absoluto, não podemos negociar com ele, se assim o fizermos, deixamos de ser a igreja de Jesus.

Pastor Silas Malafaia diz que Papa cedeu ao Lobby Gay
Pastor Silas Malafaia diz que Papa cedeu ao Lobby Gay

Leia na íntegra os comentários do pastor Silas Malafaia:

1) Foi notícia em todos os jornais do mundo. Assim que o Papa Francisco assumiu, ele declarou que havia um “lobby gay” no Vaticano. Pelo jeito da palavra dúbia que ele declarou, me parece que ele cedeu a este lobby. Do jeito que vão, sem uma posição incisiva contra o pecado, vão perder muito mais gente.

2) Depois a Igreja Católica reclama que está perdendo gente para a igreja evangélica. Lhe falta condenar o pecado, segundo o que a Bíblia diz e como todos sabem, a Bíblia é o manual de fé e regra dos cristãos.

3) Por que o Papa não diz que a prática homossexual é pecado e Deus condena na sua palavra? (1 Coríntios 6.10 e Romanos 1 26.27). Pecado à luz da Bíblia está na ordem do absoluto, não podemos negociar com ele, se assim o fizermos, deixamos de ser a igreja de Jesus.

4) Todos nós sabemos que Deus recebe qualquer pecador por maior que seja o pecado, mas existe uma condição: que o ser humano abandone sua prática pecaminosa. Uma mulher adúltera foi a Jesus, só que Jesus lhe disse: “Vai-te e não peques mais” (João 8.11). Uma coisa é ir a Deus arrependido para mudar de vida, outra é apenas querer a benesse de Deus mas continuar com a vida de pecado. Olha o que a Bíblia diz (Gálatas 6.7): “Deus não se deixa escarnecer. O que o homem plantar, vai colher”.

5) Faltou ao Papa a firmeza de dizer que a prática homossexual é pecado. Uma maneira subjetiva e covarde de não assumir uma posição firme que a Bíblia não negocia.

6) Estou desconfiado que o Papa está precisando ler mais a Bíblia. Vejamos o que Jesus disse em João 7.24: “Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça”. Não temos autoridade para colocar ninguém no céu ou no inferno, mas temos autoridade, segundo a palavra de Deus, para dizer se a prática de alguém é pecaminosa ou não. Não temos autoridade para julgar ninguém que vai a Deus, mas temos autoridade de dizer que uma prática de vida é pecado segundo a luz da Bíblia.

7) Por fim, deixo uma dica para a Igreja Católica: se vocês não querem perder fiéis para os evangélicos, motivem os católicos a lerem a Bíblia. É ela o maior instrumento de fé (romanos 10.17), o maior instrumento de santificação (João 17.17), o maior instrumento para se conhecer a Deus (Oséias 6.3 e 4.6), o único instrumento que blinda contra o pecado (Salmos 119.11). Em toda a passagem do Papa pelo Brasil, com toda a mídia em seu favor, em nenhum momento ele pede para os fiéis lerem a palavra de Deus. Veja o que Jesus fala sobre isto: (João 5.39) “Examinai as escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam”. Não é o sacerdote que leva o povo a Deus e sim a sua palavra.

8) Pelo jeito, a igreja evangélica vai crescer cada vez mais porque não queremos que o povo simplesmente acredite na nossa palavra, mas que a confira com o que a Bíblia diz. Vamos continuar lendo a palavra, pregando a palavra, distribuindo a palavra de Deus ao povo brasileiro. É exatamente o que está faltando à Igreja Católica.

 As informações são do site do pastor: Verdade Gospel

26 COMENTÁRIOS

  1. Sou evangelico eo que os cotolicos nao ve e que eles querem agradar a Deus de qualquer jeito ja e dito na palavra Deus ama ao pecador mas nao o pecado e infelismente muitos catolicos distorcem averdade da biblia jesus fala eu sou a cominho a verdade ea vida ninguem vem ao pai a nao ser por mim , sim o evangelio tem que se propaga sim por que Deus foi criador de toda e essencia e autor da vida

Deixe uma resposta