Seminário da Portas Abertas ajuda pastor indonésio em momento de dificuldade

2

Seminário da Portas Abertas ajuda pastor indonésio em momento de dificuldade.

Seminário da Portas Abertas ajuda pastor indonésio em momento de dificuldade
Seminário da Portas Abertas ajuda pastor indonésio em momento de dificuldade

Dos 34 milhões de habitantes de Java Ocidental, 1,5 milhão são cristãos. A região, que no passado foi palco de violentos ataques contra a Igreja, experimenta hoje um pouco de paz. No entanto, os pastores continuam a sofrer oposição.

Certo dia, Yosef recebeu uma carta de um escritório distrital da Java Oriental. Era um convite para uma reunião. Não sabendo sobre o que se tratava, ficou chocado ao chegar ao local, no dia 18 de fevereiro de 2012, e ver os membros do Fórum Komunikasi UMAT Beragama (FKUB), ou Fórum Harmonia Inter-religiosa.

Na reunião com os oficiais do FKUB, Yosef foi informado de que um vizinho havia apresentado uma petição para que a sua igreja fosse fechada, uma vez que se localizava em uma área de maioria muçulmana. Os oficiais do FKUB deram-lhe uma cópia da referida petição.

Yosef, de 40 anos, tem pastoreado sua igreja de 60 membros por cinco anos. Mesmo vivendo em uma aldeia predominantemente muçulmana, o pastor nunca teve qualquer conflito com os moradores. A igreja foi fundada em 1984, 22 anos antes da ratificação do Decreto Ministerial Conjunto de 2006.

Embora a igreja de Yosef não tivesse alvará de construção por este decreto, sua presença nunca tinha sido contestada, até o seu encontro com os oficiais do FKUB. “Eu fiquei perplexo. Não estava preparado para esse tipo de situação. Fiquei sem palavras durante a reunião”, disse Yosef.
Em contrapartida, ele também ficou admirado com o favor e a boa vontade de seus vizinhos muçulmanos. Como não queriam ser vistos como “intolerantes” em relação às outras religiões, eles próprios solicitaram ao peticionário que retirasse a queixa.

“Poucos dias depois da reunião”, disse Yosef, “percorri a vizinhança e perguntei aos moradores a sua opinião sobre a presença de nossa igreja na região. Descobri que menos de cinco vizinhos muçulmanos apresentaram petição para o fechamento da nossa igreja.

“Meus amigos muçulmanos aconselharam-me a obter um alvará de construção imediatamente. Disseram, inclusive, que ajudariam no processo”, continuou.

Lembrança oportuna
Algumas semanas antes da reunião de 18 de fevereiro, o pastor Yosef lembrou que estava pregando para sua congregação sobre respostas bíblicas à perseguição. Ele compartilhou histórias de como os crentes de outros países estavam sofrendo por causa de sua fé em Cristo. Essas histórias foram tiradas de materiais que lhe foram dados durante um seminário de preparação para a perseguição da Portas Abertas, chamado “Permanecendo firme através da tempestade (Standing Strong Through the Storm, SSTS)”.

“Participei do seminário em 2006,” contou Yosef. “Naquele tempo, não tínhamos nenhum manual, de forma que eu anotava tudo. No encontro com os oficiais do FKUB, instantaneamente me lembrei das lições ouvidas.” 

A Portas Abertas tem realizado treinamentos na Indonésia desde 1998. O programa já atingiu mais de seis mil pastores, obreiros e líderes leigos, principalmente nas províncias da Java Central e Oriental. Esses seminários foram ministrados com princípios e lições práticas desenvolvidas para prepará-los para a perseguição. Os participantes usaram os materiais para transmitir aos membros de suas igrejas o que foi aprendido.

“O seminário da Portas Abertas me encorajou. O materiais têm fortalecido a mim e aos 60 membros de minha igreja. Obrigado por me ajudarem”, compartilhou Yosef. Ele está no processo de obtenção de um alvará de construção. Ainda são necessárias 90 assinaturas de membros de sua igreja e 60 de muçulmanos e outros não cristãos de sua aldeia. Por enquanto, há apenas uma recomendação oficial para que Yosef e sua congregação possam continuar cultuando no local atual.

*Ontem (09/06), foi o Dia do Pastor! O treinamento bíblico a pastores da Igreja Perseguida é uma das formas de a Portas Abertas fortalecer a liderança da Igreja Perseguida. Para ajudar outros pastores como o pastor Yosef, você pode contribuir e orar pelos projetos de campo da Portas Abertas. Clique aqui  para saber mais.

Fonte: Portas Abertas


2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta