Pastor Silas Malafaia comenta sobre os protestos no Brasil

9
Pastor Silas Malafaia comenta sobre os protestos no Brasil
Pastor Silas Malafaia comenta sobre os protestos no Brasil

Pastor Silas Malafaia critica protestos no Brasil.

Avaliando a situação, o pastor Silas Malafaia comentou sobre a “manipulação”, “baderna” e “violência” de grupos influenciando os protestos.

De acordo com o pastor, movimentos de multidões sem lideranças não “acabaram bem”. “Não por culpa do povo, mas pela manipulação de ideólogos que por interesses mesquinhos levam o povo a fazer coisas não convenientes.”

No Brasil, Silas Malafaia cita como exemplo desses “ideólogos” o que ele chama de “esquerdopatas ultraradicais”, “que pregam baderna, vandalismo, derramamento de sangue, para que possa haver uma verdadeira revolução”.

“Métodos comunistas e de reacionários estão falidos, mas que eles querem ressuscitar. Aí é que está o perigo porque o povo não percebe este tipo de manipulação feita por gente bem treinada para os objetivos que acabei de citar”.

Malafaia afirma que a sociedade não pode ficar a mercê de grupos que convocam o povo com pretexto de alguma revolta popular. “Parar o país e causar problemas mais profundos para a nação.”

“O perigo de manifestações incontroláveis – e a história já tem nos mostrado – é se tornar uma verdadeira “caça às bruxas de gente perversa que usa multidões para conseguir atingir seus objetivos inescrupulosos.”

 Silas Malafaia critica ainda a imprensa “formada por jornalistas esquerdopatas” que está motivando as manifestações contra o projeto que eles apelidaram de “cura gay”.

Malafaia se refere ao projeto do deputado evangélico João Campos (PSDB-GO) que susta parte da resolução do Conselho Federal de Psicologia que proíbe o tratamento psicológico para homossexuais. Segundo ele, o projeto foi erroneamente chamado pela mídia de ‘projeto de cura gay’, pois ele não propõe a cura.

Malafaia conclui dizendo “Manifestação pacífica por um tempo determinado sim! Baderna e vandalismo, mil vezes não!”

Veja também: Protestos no Brasil é destaque na imprensa internacional

“Como povo de Deus, cabe-nos orar e ficarmos alertas. Somos cidadãos e já demos exemplos de fazermos manifestação pacífica com mais de 70 mil pessoas sem nenhum tipo de baderna ou vandalismo.”

Informações: The Christian Post / Verdade Gospel

9 COMENTÁRIOS

  1. Concordo com o pastor Silas, “Manifestação pacífica por um tempo determinado sim! Baderna e vandalismo, mil vezes não!”
    E quem discorda são os que não tem sabedoria e são contra qualquer opinião que venha de evangélicos.

  2. Agora que todos viram que o povo pode tudo, e que também tudo tem limites, o projeto “cura gay” passou para as costas do deputado João Campos, e que também já não mais propõe cura. A FORÇA DE UM POVO É QUE MOVE UM PAÍS. O pastor fala que o povo não percebe este tipo de manipulação feita por gente bem treinada para chegar aos seus objetivos, então eu digo, o bom julgador julga os outros por si, os pastores usam dessa arma para fidelizar fieis, em formas de culpas, fazendo a lavagem cerebral de que tudo é pecado. Fala de gente perversa??? Depois de tanto tempo o povo sendo humilhado e ofendido, com a dura realidade e miséria entre classes, você ainda acha que o povo está errado??? Os fiéis é que estão a mercê dos pastores, o pior cego é aquele que não quer ver, depois de tudo muitos vão enxergar, o Brasil vai mudar, os manipuladores vão ter que dançar conforme a música, o povo não está para brincadeira! EU SEMPRE FALO! QUEM POUPA O LOBO, SACRIFICA A OVELHA.

  3. Pr. Malafaia tem sido um homem usado por Deus com um ministério abençoado. Todos nós evangélicos devemos orar para que ele continue sendo usado como instrumento vivo de Deus e que o diabo jamais tenha poder sobre sua vida! Mesmo não tendo interesse de ser político, o ministério do Pr. Malafaia é mais importante do que ser presidente do Brasil ou dos EUA. O que ele deseja é influenciar as autoridades para que pratiquem atos da vontade de Deus. Feliz o gestor que puder contar com a orientação de um homem de Deus como Pr. Malafaia. Necessitamos resgatar os valores éticos e morais da família, só assim, iremos diminuir a violência nesse Brasil. O maior problema da violência hoje no Brasil está na fábrica de cidadãos, ao invés de fabricarmos verdadeiros cidadãos, estamos fabricando bandidos!!!

Deixe uma resposta