Ministério da Saúde faz apologia a prostituição, confira

1
Ministério da Saúde faz apologia a prostituição, confira.
Ministério da Saúde faz apologia a prostituição, confira.

Ministério da Saúde faz apologia a prostituição, confira.

No último fim de semana uma campanha pela “visibilidade” e respeito às prostitutas foi divulgada pelo Ministério da Saúde nas redes sociais , segundo a reportagem do G1 nesta terça-feira (4). “Sem vergonha de usar camisinha” é o tema da mobilização feita pelo Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais é e celebra o Dia Internacional das Prostitutas, comemorado no dia 2 de junho.

A campanha quer reduzir o estigma da prostituição associada à infecção pelo HIV e Aids, segundo a reportagem,

A manifestação é feita por panfletos e mais cinco vídeos que tem como protagonistas as prostitutas. “Não aceitar as pessoas da forma como elas são é uma violência”; “eu sou feliz sendo prostituta” e “o sonho maior é que a sociedade nos veja como cidadãs” são frases dos panfletos. Um dos vídeos mostra uma prostituta que sonhou ter sido respeitada: “Sonhei que sou respeitada, que sou uma flor, uma rosa sem espinhos”, diz a protagonista.

O material, feito em uma oficina de comunicação em saúde para profissionais do sexo em João Pessoa (PB), vai circular na internet até dia 2 de julho. A campanha também homenageia Rosarina Sampaio, fundadora da Federação Nacional de Trabalhadoras do Sexo, que morreu

 


Informações: G1

1 COMENTÁRIO

  1. Acho isto uma falta de vergonha na cara. Deus não fez a mulher para ser prostituta, mas sim uma pessoa de valores e integridade. Discordo totalmente quando uma mulher diz que é feliz sendo prostituta, pois ela não percebe que ela muita das vezes é causadora de destruição de muitas famílias.
    Ser prostituta e ser Traficante não tem diferença nenhuma, a não ser no significado de cada obra. Com a prostituição a pessoa destrói lares, casamentos, tudo por dinheiro fácil. Enquanto a droga também destrói lares, vidas, e famílias, tudo pelo maldito dinheiro. Esta na hora da nação parar de aceitar tanta coisa imundo que o governo esta aceitando e as pessoas estão inventando. Chega eu não quero ver minha filha crescendo sendo uma viciada em drogas ou uma prostituta. Quero que minha filha cresça, se case, tenha lindos filhos e envelheça ao lado do seu marido respeitando-o e sendo respeitada.Se eu fosse hoje o presidente deste pais, muitas coisas podem ter plena certeza e convicção, eu desfaria e começaria tudo novamente. Errar não é nada de mais, desde que nos conscientizamos dos nossos erros e procuremos fazer o que é certo.Não vejo esperança para esta nação, a não ser a destruição de tudo o que Deus já criou. Sabe vejo jovens nas ruas escutando Hap e funk que só falam de sexo e só mostram pornografias Desrespeitando os princípios familiares. Vejo jovens se drogando em plena luz do dia e o mundo piorando cada dia mais. Chega, basta, é uma vergonha para mim que desejo viver honestamente e dignamente, estar em uma mesma terra que pessoas que dizem que gosta de ser prostituta ou que prefere as drogas do que acordar pela manhã cedo e dar o seu suor para conquistar seu sustento e respeito como cidadão. Gostaria de dizer muito mais, porém sei que minhas palavras não irão adiantar para nada, mais aguardo ansiosamente um dia em que todos se arrependerão e pagaram por terem praticado tanta abominação em suas vidas.

Deixe uma resposta