Igreja com estacionamento irregular causa transtorno em Campinas

0
Igreja com estacionamento irregular causa transtorno em Campinas
Igreja com estacionamento irregular causa transtorno em Campinas

Igreja com estacionamento irregular causa transtorno em Campinas. Um estacionamento improvisado nas calçadas de uma igreja evangélica está causando transtornos e polêmicas com os moradores próximos. O templo fica na cidade de Campinas, em São Paulo.

O aposentando Carlos Roberto da Silva compartilhou a sua reclamação no portal G1. As imagens mostram os carros estacionados impedindo a passagem dos pedestres, enquanto um culto acontecia na Igreja Batista Ágape. Apesar das constantes fiscalizações e multas pelos órgãos competentes, o problema é frequente.

“É difícil, pois o pedestre precisa dividir espaço com os carros que trafegam pela rua”, disse Carlos Roberto. O problema se intensifica nos finais de semana, onde os encontros reúnem uma quantidade maior de pessoas. “Nesse domingo precisei ir a um mercado próximo da igreja e não tinha como passar. Fui pela rua, mas é perigoso porque é muito movimentada, além de ser um trecho de parada de ônibus”, acrescentou.

Marcelo Araújo, responsável pela igreja, disse que os membros recebem orientações sobre o local para estacionar. A igreja evangélica possui dois estacionamentos, localizados dentro e na parte externa. Uma obra, com o intuito de desafogar o trânsito nas proximidades do local, deve começar em junho, informou Araújo.

Os estacionamentos de igrejas evangélicas com grande número de membros é um debate constante em algumas cidades. Igrejas como a El Shaddai em Maceió, capital de Alagoas, alerta seus membros no próprio site. “Pedimos a atenção de todos os irmãos ao estacionar seu veículo. Queremos evitar situações como: estacionar nas calçadas, em frente de garagens, ou em local que bloqueie a passagem de veículos. Seu veículo corre um grande risco de ser rebocado”, informa a administração.

A Igreja Batista Vila Antonieta em São Paulo (SP), também adotou a mesma iniciativa. “Solicitamos que os irmãos não parem os carros em fila dupla ou na contra mão durante os cultos devido à segurança de todos e do testemunho para com os nossos vizinhos”, convoca os membros no site.

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) informa que já efetuou fiscalizações no local após receber denúncias. A multa aplicada aos motoristas pode variar de R$ 53 a R$ 85, dependendo de onde o condutor estacionou.

Informações: Christianpost/ G1

Deixe uma resposta