Confira a conversa com a banda Efeito Fé que falou sobre o novo CD – Valore$

0

Confira a conversa com a banda Efeito Fé que falou sobre o novo CD – Valore$

Confira nossa conversa com a banda Efeito Fé que falou sobre o novo CD - Valore$
Confira nossa conversa com a banda Efeito Fé que falou sobre o novo CD – Valore$

Como surgiu a banda Efeito Fé? 

A banda Efeito Fé surgiu com união de 5 amigos que tinham algo em comum. A paixão pela música e o amor por Deus. 

Qual o significado do nome do ministério? 

O nome faz referência aquele pensamento conhecido como Efeito Borboleta, ou Efeito Dominó… que são pensamentos que demonstram que uma pequena ação pode desencadear uma série de reações. O efeito da Fé pode ser incrível quando usado. E nós temos vivido os efeitos da nossa Fé dia após dia. 

O que mais marcou vocês durante a gravação do seu primeiro álbum – “Valore$?” 

Na verdade Valore$ é o nosso segundo álbum, o primeiro é intitulado “Quanto tempo” e foi nossa primeira experiência em estúdio. 

Algo que nos marcou bastante foi o fato de gravar com um produtor de altíssima qualidade e que pra nós era algo muito difícil de acontecer. O Leandro Rodrigues além de ser uma baita profissional é um cara muito gente boa. 

Ficou claro pra nós que Deus sempre esteve no controle das nossas vidas, porque esse era um sonho distante. Não tínhamos condições financeiras para gravar esse cd, mas Deus proveu tudo. 

Qual o estilo e a sonoridade do disco? 

Essa pergunta é boa! Rs 

Podemos definir como Pop. De Popular mesmo… o disco tem rock, tem rap, tem reggae ou seja… tem de tudo. Somos 5 cabeças, cada um com suas preferencias, então o que fazemos é dar lugar ao novo, gostamos de experimentar. 

Não temos o menor medo do desconhecido, não temos medo da critica, do publico… Nossa música é feita em primeiro lugar para Deus e depois para nós mesmo. Não tocaríamos algo só para vender, temos que curtir o som. 

E quanto às canções? Como foi o processo de seleção do repertório? 

Todo o repertório foi escolhido com um cuidado gigante e extrema tranquilidade. Estamos tristes com nossos representantes denominados “cantores e bandas gospel” pois não trazem mais em suas músicas a essência do evangelho. Estão preocupados em vender, em fazer sucesso e assim acabaram fazendo músicas sem nenhum critério, muitas com diversas heresias. 

Gostamos muito de compor, de cantar o que pensamos. Por esse motivo 12 das 15 faixas são de nossa autoria. 

A canção “Jesus” do Thiago Grulha é uma que nos persegue a muito tempo, não conseguimos mais fugir dela. 

Fizermos também duas versões de músicas de fora. 

Qual ou quais músicas vocês destacam neste trabalho? 

Esse é um dos nossos pesadelos, quando nos perguntam: “qual é sua música de trabalho?” nós não temos resposta. 

Uma vez recebemos um conselho “quando fizerem mais de uma música que considerem boa, deixe guardada para um próximo cd. Nós não conseguimos fazer isso. Sempre escolhemos nossas melhores músicas. Como se todo cd que gravamos fosse o ultimo. 

Talvez a canção “Seguir pelo que é” seja a primeira que vamos gravar um clip desse álbum, então podemos destaca-la dessa forma. 

Qual(is) canção(ões) o público tem se identificado mais? E porque essa identificação ocorre? 

“Seguir Pelo que é” é um grande grito de alerta ao nosso povo cristão e muitos tem se identificado com as criticas e reflexões que essa canção trás. 

Vivemos um momento critico do evangelho no país onde podemos separar os cristãos em alguns grupos “os que querem a benção, o milagre”, “os que querem a cura”, ”os que querem a prosperidade”, “os que vão as igrejas aos domingos”… e por ai vai… 

Vocês pretendem investir em vídeo clipes? Como vocês enxergam esta ferramenta dentro do seu ministério? 

Com certeza, hoje nosso canal no Youtube é algo que temos investido. Já estamos conversando com alguns produtores e empresas para filmar nosso segundo clipe. Provavelmente da música “Seguir pelo que é” 

Como vocês estão tratando sua identidade visual na web e nos meios de divulgação em geral? 

Não temos ninguém nos assessorando nessa parte. 

O que você têm ouvido hoje em dia? 

Oficina G3. Leeland. Palavra antiga e muitos outros. 

Qual a sua opinião em relação a esta abertura que a mídia secular está dando para os evangélicos? 

Vemos isso com ótimos olhos. Não queremos cantar só para pessoas que já conhece a Ele (Jesus). Quanto mais pessoas forem atingidas por essa palavra, melhor! 

A cada dia vemos crescer o uso de meios eletrônicos, como o Twitter, o MySpace, Orkut, Youtube, entre outros, para divulgação do trabalho. O que vocês acham dessas novas opções de mídia? 

Nós somos uma banda que desde o inicio entendemos o poder das redes sociais para nosso trabalho. Uma banda independente ter mais de 166 mil curtidas no Facebook chega a ser surreal. Temos mais curtidas do que muitos dos artistas que admiramos a muito tempo. 

No twitter começamos tarde, mas estamos chegando agora também! 

Qual os seus planos para 2013? 

Viver um dia de cada vez. Sem pressa. Sem pegar atalhos. “o amanhã só existe no calendário dos insensatos” 

Poderiam deixar um recado para nossos leitores? 

Um grande a braço a todos vocês que estão descobrindo o Efeito Fé e a vocês que já curtem nosso trabalho. Deus abençoe a todos! 

Deixe aqui os seus Contatos: 
contato@efeitofe.com.br 
(11) 7268-3302 Bruna 
(11) 7209-6000 Marcelo 
Facebook.com/efeitofe 
Twitter: @efeitofe 

 Fonte: Super Gospel


Deixe uma resposta