Após manifestação em SP, Dez Pessoas são presas por formação de quadrilha.

1

Após manifestação em SP, Dez Pessoas são presas por formação de quadrilha.

Após manifestação em SP, Dez Pessoas são presas por formação de quadrilha.
Após manifestação em SP, Dez Pessoas são presas por formação de quadrilha.

Na última noite desta terça-feira (11), 10 pessoas foram detidas durante o protesto contra os reajustes no transporte público em São Paulo. Os protestantes irão responder por danos ao patrimônio público e formação de quadrilha. O terceiro protesto deixou 19 detidos, cinco policiais militares feridos e muita depredação.

Os detidos participaram do protesto que voltou a ocupar as ruas e avenidas da região central de São Paulo por mais ou menos seis horas nesta terça-feira. 13 manifestantes permaneciam presos na manhã desta quarta-feira (12), segundo a Secretaria da Segurança Pública. Ônibus foram pichados e parcialmente queimados, agências bancárias tiveram portas quebradas e o acesso a uma estação do Metrô foi alvo de vândalos.

Dezessete detidos foram levados para o 78º Distrito Policial, nos Jardins. Seis deles, incluindo um adolescente, foram liberados durante a madrugada. Onze permaneciam detidos nesta manhã. Um irá responder por dano ao patrimônio, pois teria quebrado os vidros da estação Trianon do Metrô, e teve a fiança arbitrada em R$ 20 mil.

A polícia diz que o valor foi estipulado levando em conta o prejuízo provocado. Um funcionário do Metrô declarou na delegacia que os danos, só nesta estação, chegam a R$ 15 mil.

Dez dos presos irão responder por dano ao patrimônio e formação de quadrilha. Como, somados, os crimes superam os quatro anos de pena, a polícia não pode arbitrar fiança, apenas a Justiça. Entre eles, há uma mulher e um homem com curso superior. A mulher deve ser transferida para o 89º DP, no Portal do Morumbi, e os homens ao 2º DP, no Bom Retiro. Depois, todos devem ser levados para Centros de Detenção Provisória (CDPs).

Por volta das 10h, três dos manifestantes deixaram o 78º DP rumo à delegacia no Bom Retiro. Um deles tentou dar um chute em um fotógrafo que registrava a transferência. Questionado pelos jornalistas se tinha provocado algum dano durante o protesto desta terça-feira, ele respondeu apenas: “me respeita”. O jovem de 26 anos é jornalista e foi ele que teve a fiança estipulada em R$ 20 mil, segundo a polícia.

Outras duas pessoas foram levadas, após a manifestação, para o 1º DP, na Sé, suspeitos de dano qualificado, desacato à autoridade e lesão corporal, segundo a secretaria. A polícia arbitrou fiança de R$ 3 mil para cada um deles, que também foram levados para o 2º DP enquanto não pagam o valor. A informação inicial era que 20 pessoas tinham sido presas, mas a secretaria informou, nesta manhã, só ter confirmação de 19 detidos.

A polícia diz que nenhum detido tinha sido preso em manifestações anteriores ou tinha passagem pela polícia.

Fonte: G1


1 COMENTÁRIO

  1. Boa tarde!!! Sou a favor de passeata e algum tipo de greve!! Mas, vandalismo!! isso já é o fim da picada!!Essas pessoas que foram pegas, devem pagar mesmo!!!E outras que fizeram merda! também!!!!Isso é um péssimo exemplo!!!

Deixe uma resposta