Pastor Silas Malafaia comenta sobre Dilma indicar para o STF advogado que defende aborto

Pastor Silas Malafaia comenta sobre Dilma indicar para o STF advogado que defende aborto
Pastor Silas Malafaia comenta sobre Dilma indicar para o STF advogado que defende aborto

Pastor Silas Malafaia comenta sobre Dilma indicar para o STF advogado que defende aborto. A presidenta Dilma Rousseff indicou nesta quinta-feira (23) o advogado constitucionalista Luís Roberto Barroso para o Supremo Tribunal Federal (STF). Barroso vai ocupar a vaga do ex-ministro Carlos Ayres Britto, que deixou o tribunal em novembro de 2012.

A indicação de Barroso foi encaminhada ao Senado Federal, onde o futuro ministro passará por sabatina.

Barroso é o quarto indicado por Dilma para o Supremo Tribunal Federal – os três primeiros indicados por ela foram os ministros Luiz Fux, Rosa Weber e Teori Zavascki.

O que pouco se comenta é que Barroso defendeu o ex-ativista político italiano Cesare Battisti, as uniões estáveis homoafetivas e o aborto de anencéfalos (fetos com comprometimento total ou parcial do cérebro), o pastor Silas Malafaia, em seu site verdade Gospel comentou sobre a indicação do advogado constitucionalista Luís Roberto Barroso alertando os cristãos, confira na íntegra:

Pastor Silas Malafaia comenta sobre Dilma indicar para o STF advogado que defende abortoÉ importante o povo evangélico ver as convicções ideológicas da presidente da república. Não adianta durante o período eleitoral aparecer na foto com pastores, sei que o povo é livre para votar em quem quiser. Nós, evangélicos, temos que amadurecer no processo eleitoral e exercer a nossa cidadania aqui na terra como o próprio Jesus falou, com inteligência e justiça. Uma coisa é o discurso, outra é a pratica. Gostaria até de ficar calado, mas as minhas convicções e princípios não me permitem. Como podemos votar em alguém onde a sua pratica sinaliza seus princípios que são totalmente contrários aos nossos? O advogado indicado para a mais alta corte no país defende o aborto e a causa gay. Assim como a presidente tem o direito de fazer esta indicação, nós temos o direito de dizer com o nosso voto que não concordamos com esta ideologia.

Com informações Verdade Gospel

COMPARTILHAR