Deputado Jair Bolsonaro critica decisão do CNJ por aprovar o casamento gay

10
Deputado Jair Bolsonaro critica decisão do CNJ por aprovar o casamento gay
Deputado Jair Bolsonaro critica decisão do CNJ por aprovar o casamento gay

Deputado Jair Bolsonaro critica decisão do CNJ por aprovar o casamento gay.O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) criticou a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que aprovou o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo no País e entrou em vigor nesta quinta-feira. “O Judiciário, a exemplo do Supremo, tem avançado sobre a Constituição. Está bem claro na Constituição aqui: a união familiar é um homem e uma mulher. (…) Essas decisões aí só vêm a cada vez mais solapar a unidade familiar, os valores familiares: vai jogar tudo isso por terra”, disse Bolsonaro. O deputado criticou a comunidade LGBT : “eles não querem igualdade, eles querem privilégios”.

Depois que O CNJ aprovou, por 14 votos a um, uma resolução que obriga todos os cartórios do Brasil a celebrarem o casamento civil a pessoas do mesmo sexo, o deputado se pronunciou contrário a decisão “é o prolongamento de decisões que não caberiam a eles”, afirmou.

Bolsonaro também disse que, mesmo que o casamento gay seja legalizado no futuro, ele continuará lutando para que não seja permitido – e buscou mostrar que tem poderes como deputado. “Eu sou parlamentar para pregar o que eu bem entender. Se eu achar que jornalista tem que ir para o pau de arara, eu posso falar! Eu posso ir buscar assinaturas para a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) nesse sentido. Eu posso falar a besteira que eu quiser! Por isso que eu tenho imunidade, é para falar, dar opiniões, representar uma parte da sociedade”, disse Bolsonaro.

O deputado manifestou indignação com as possíveis consequências que teria uma possível legalização do casamento entre homossexuais. “Se, atrás disso, vem a adoção de criança: uma criança adotada por um casal gay é 90% de chances que vai ser gay também”, disse Bolsonaro. “Você acha que eu vou pegar meu filho de 6 anos de idade e deixar ele brincar com outro moleque de 6 anos adotado por um casal gay? Não vou deixar! (…) A lei não vai fazer minha maneira de pensar (ficar) diferente”, afirmou.

Depois de expor suas opiniões sobre o casamento homossexual, Bolsonaro negou ser homofóbico. “Eles me acusam de homofobia, que eu sou homofóbico. Você já ouviu, em algum lugar, eu falar que homossexual tem que morrer? Tem que dar porrada? Eu nunca ouvi falar isso em lugar nenhum.”

Informações Terra

10 COMENTÁRIOS

  1. SR Deputado fiquei feliz ao ver o SR na tribuna indignado com o projeto de lei com relação ao sistema prisionário do Brasil,no qual assassinos e estupradores terão previlégios que nenhuma outra classe trabalhadora tem nesse país.Enquanto alguns querem favorecer assassinos de pais de família a população paga por escolas depredadas,professores sem recurso,ruas e rodovias sem condições de trafegar e remédios a preço absurdo.São de Parlamentares como o SR que a Câmara precisa para que não se generalizem e passem a desacreditar na politica do Brasil.UM abraço

  2. CRISTÃOS CATÓLICOS E EVANGÉLICOS EM 2014 NÃO VOTEM EM COMUNISTAS ELES QUEREM IMPLANTAR UMA DITADURA NESSE PAÍS, SÃO LEGALISTA, LIBERAIS AO EXTREMO, QUEREM CENSURAR A IMPRENSA PNDH-3, APOIAM PROFISSIONALIZAÇÃO DA PROSTITUIÇÃO, CASAMENTO GAY, ADOÇÃO GAY, ABORTO, LEGALIZAÇÃO DA MACONHA….NÃO VOTEM PRINCIPALMENTE NOS PARTIDOS PT, PSOL, PSTU, PC DO B… VAMOS LEVANTAR UM MOVER PELO CONSERVADORISMO…CHEGA DESSA ESCULHAMBAÇÃO…

  3. ISSO É UMA VERGONHA NACIONAL…..MALDIÇÃO PARA O PAÍS….ABOMINAÇÃO E PECADO….DEUS VAI PESAR SUA MÃO SOBRE ESSE PAÍS E VEM COISA RUIM POR AI….

Deixe uma resposta