Cristãos são hostilizados na Líbia, mesmo após a queda de Gaddafi

2
Cristãos são hostilizados na Líbia
Cristãos são hostilizados na Líbia

Cristãos são hostilizados na Líbia, mesmo após a queda de Gaddafi. Sherif é um cristão egípcio, ele era responsável por uma livraria em Benghazi, no leste da Líbia. Preso no dia 10 de fevereiro, ele está detido desde então. Apesar de ter sido agredido fisicamente durante a sua detenção, não há nenhuma acusação oficial contra ele.

Recentemente, alguns egípcios e outros três trabalhadores (não árabes) também foram presos. Policiais líbios afirmaram que eles foram presos por suspeita de proselitismo, embora nenhuma acusação formal tenha sido apresentada contra eles.
Em fevereiro, cidadãos líbios celembraram o segundo aniversário da revolução que derrubou o ditador Muammar Gaddafi do poder. Sob o governo de Gaddafi, a situação dos cristãos já era extremamente dura e trabalhadores estrangeiros enfrentavam muita intolerância, hoje a situação é bem pior. O novo governo central ainda não tem controle sobre os numerosos grupos armados e a agitação social, assim como a hostilidade às minorias, encontra-se em um nível muito alto.

Ore pela libertação dos cristãos que estão presos, e para que eles sejam bem tratados durante o tempo de detenção. Peça para que o Espírito Santo dê sabedoria aos familiares, amigos e outras pessoas próximas a eles, para que eles mantenham contato com as autoridades e possam atuar na liberação dos prisioneiros.
Informações: Portas Abertas Internacional
TraduçãoAna Luíza Vastag

2 COMENTÁRIOS

  1. PARA-MIM, É UM EXELENTE SITE,
    TEM NOTICIAS DO MUNDO INTEIRO,RELACIONADOS AO CRISTIANISMO
    VALE REALMENTE A PENA CADA EMAIL ENVIADO!

Deixe uma resposta