Bancada evangélica na Câmara é desarticulada, segundo jornal Folha de São Paulo.

0

Bancada evangélica na Câmara é desarticulada, segundo jornal Folha de São Paulo.

Bancada evangélica na Câmara é desarticulada, segundo jornal Folha de São Paulo.
Bancada evangélica na Câmara é desarticulada, segundo jornal Folha de São Paulo.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, a bancada evangélica dentro da câmara, está com pouca articulação, além disso está dividida quando o assunto em si não está ligado à defesa da família e da vida.

Um dos motivos dessa desarticulação, seriam as diferenças de denominações e partidárias, já que 66 deputados que fazem parte dessa bancada estão divididos em 24 igrejas diferentes e 16 partidos.

O jornal cita que recentemente o grupo se divergiu durante uma discussão da Medida Provisória dos Portos, pois os partidos possuem opiniões diferentes sobre este assunto.

Outro questão mencionada  na crítica, foi a atuação dos deputados evangélicos e sobre a pouca influência individual que os parlamentares da bancada exercem. “Somente quatro deles aparecem na lista dos cem parlamentares mais influentes do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), órgão de interlocução entre Congresso e entidades sindicais”, diz o texto. 

A Folha também cita alguns projetos relevantes apresentados por estes representantes, como o endurecimento da lei contra motoristas alcoolizados e o apoio a uma emenda que mantinha a proibição da venda de bebidas alcoólicas em estádios durante a Copa de 2014. (*Com informações Gospel Prime).

 

Deixe uma resposta