Buscando uma comunhão que Adore a Deus antes de Louvá-lo.

0

Buscando uma comunhão que Adore a Deus antes de Louvá-lo.

Buscando uma comunhão que Adore a Deus antes de Louvá-lo.
Buscando uma comunhão que Adore a Deus antes de Louvá-lo.

Como é bom louvar ao Senhor, isso nos motiva e incentiva a louvarmos mais ao criador com gestos e expressões. Realmente quando Deus permitiu que o louvássemos, Ele sabia o quanto isso nos faria bem, pois Deus é Deus e não precisa do nosso louvor, mas por nos amar tanto, permite tal ato.

“Cantai ao Senhor um cântico novo, cantai ao Senhor toda a terra (…) (Salmos 96:1-4).

O louvor está presente não só no ser humano, mas em toda a terra. A natureza exalta ao Senhor. Os pássaros louvam quando cantam, os animais aquáticos quando nadam, os bichos terrenos com a sua beleza e as flores com as suas diversas cores. O céu louva quando é dia com a beleza dos raios solares e pela noite com a lua e as estrelas. Os grandes firmamentos também louvam. Tudo que existe e foi criado por Deus foi feito para louvá-lo, nós fomos feitos para louvar.

Louvai ao Senhor (…) Louvai-o com o som de trombeta; louvai-o com o saltério e a harpa. Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos (…) Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor (…) (Salmos 150:1-6).

Tudo isso é incrível, mas de nada adiantará entoar louvores se não tivermos uma Adoração genuína com o nosso Criador. Adoração e Louvor podem soar como iguais, mas na verdade não são. Segundo dicionário, a definição para cada palavra é: Louvor (p.1279 Vl.2): 1. Ato de louvar. 2. Aplauso, elogio, encômio. Adoração (p.63 Vl.1): 1.Ação de adorar. 2. Demonstração de afeto, respeito ou submissão. 3. Amor excessivo. 6. Filos Ato pelo qual reconhecemos a nossa dependência de Deus. Ou seja, Louvar é um ato físico e Adorar é uma ação Espiritual.

Para então que os nossos louvores cheguem aos céus, precisamos adorar a Deus antes de qualquer coisa, pois a adoração revela nossa total dependência do criador. De nada adianta louvar por louvar.

Adoração é estar no centro da vontade de Deus, lançando tudo o que possuímos diante do Seu altar. É comunhão diária, leitura da palavra, oração, quando necessário jejum e testemunho. É estar disponível para ouvir a voz de Deus, estar disposto a moldar caráter e buscar santidade e pureza para que louvor seja bem sincero, que nos abençoe, alcance outras vidas e glorifique a Deus. Isso é adoração, ter uma comunhão espiritual.

“Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o pai em espírito e em verdade, porque são estes que o pai procura para ser adoradores (João 4: 23).

O pai procura servos que o adorem em Espírito e em verdade. Adorar independe de instrumentos ou música, tempo ou espaço. Adorar é algo que vem do espírito, extremamente forte e pessoal. Essa atitude revela qual o grau de prestação de culto diário que nós realizamos. Como diz Adhemar de Campos no livro “O poder da música a serviço da adoração”:

O principal culto que Deus espera receber de mim e de você é o culto da vida, do ser. É um sacrifício voluntário, santo, vivo e agradável no altar de Deus. Este é o culto que Ele deseja receber de nós a cada dia. Essa é sem dúvida a obra mais importante que você e eu podemos realizar para o Pai. (CAMPOS 2010, p.38).

Só a partir da intimidade com o Senhor que um cristão passa de um louvador para um adorador. O Senhor está aí para nos ajudar a entendermos essa diferença e colocar em pratica, só precisamos buscá-lo.

Por: Bruna Weinrebe


 

Deixe uma resposta