Pastor Marco Feliciano preside primeira sessão na Câmara em meio tumulto

4
Pastor Marco Feliciano preside primeira sessão na Câmara em meio tumulto
Pastor Marco Feliciano preside primeira sessão na Câmara em meio tumulto

Pastor Marco Feliciano preside primeira sessão na Câmara em meio tumulto. Em meio a bate-boca entre parlamentares, gritos, vaias e muito tumulto, a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara aprovou nesta quarta-feira seis requerimentos com pedidos de audiência pública. A primeira sessão da Comissão de Direitos Humanos foi tensa. O presidente da Comissão, deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) e o ex-secretário de Direitos Humanos deputado Nilmário Miranda (PT-MG) quase trocaram sopapos durante a sessão. Feliciano fingiu não ouvir Nilmário, que ficou em pé na sua frente e tentava falar com o presidente da Comissão.

Momentos depois, Nilmário sentou-se para reclamar do comportamento do pastor que, ironicamente, perguntou quem era ele. “Quem é o senhor? Como é o seu nome?”, indagou Feliciano. Já sentado, o petista disse que Feliciano não tinha “legitimidade” para presidir a Comissão. Toda a bancada do PT se retirou da Comissão. Em outro momento, o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Domingos Dutra (PT-MA) também quase saíram no tapa.

Mais cedo, antes do início da sessão, cerca de 50 evangélicos lotaram, desde a parte da manhã, a sala da Comissão de Direitos Humanos. Sentaram-se no lugar dos deputados, ocupando cinco fileiras. A maioria deles admitiu ser da igreja evangélica. “Sou do Gama (cidade-satélite de Brasília) e sou evangélico. Mas não sei se sou da mesma igreja do deputado”, disse Jonatas Ferro, que bateu boca e também quase trocou socos com o deputado Mário Heringer (PDT-MG).

Feliciano foi aplaudido de pé, assim que entrou na sala. Representantes dos movimentos sociais e a imprensa só puderam entrar na sala da Comissão minutos antes do início da sessão. Os representantes de movimentos fizeram muito barulho e gritaram ininterruptamente palavras de ordem contra Feliciano. “Racista, fundamentalista!” , “Pastor ditador!”, “Foram Feliciano!”

Veja também:Pastor Marco Feliciano afirma estar sofrendo ameaças de morte

Na tentativa de mostrar que não é homofóbico, Feliciano pôs em votação requerimento propondo nota de repúdio ao candidato presidencial, Nicolas Maduro, que acusa seu adversário de ser homossexual. O requerimento, que não foi aprovado por falta de quorum, era de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO), que é suplente na Comissão e presidente da Frente Parlamentar Evangélica. Sem condições de se locomover sozinho pelos corredores da Câmara, Feliciano foi obrigado a deixar a Comissão cercado por mais de 20 seguranças.*(As informações são do Portal A Tarde)

4 COMENTÁRIOS

  1. O bizarro neste circo armado pelos “ativistas gays” é que eles fazem com o deputado e com os evangélicos desta nação, justamente aquilo que eles afirmam que sofrem dos outros. Quem é atacado constante por causa de sua fé na palavra de Deus são os cristãos, que são ridicularizados, motivos de chacotas, agredidos, e hostilizados, até mesmo diante de suas congregações, ferindo totalmente os seus direitos constitucionais. A pergunta que fica no ar é: porque tanto medo do deputado Marco Feliciano na presidência da comissão de direitos humanos? Será que eles acham que os cristãos agora vão querer processa-los por causa dos mal tratos, vingamentos, injurias, perseguições, e outros atos que tem sofridos calados e que a sociedade não toma conhecimento? Que Deus nos ajude e tenha misericordia de nós, porque agindo Deus quem impedira?

  2. Vamos obeservar bem os fatos, todos acusao O PASTOR Marcos Feliciano de ser HOMOFOBICO E RACISTA, mas por coincidencia é o que vejo claramente aqui, O PRECONCEITO DOS ATIVISTA GAY.PEÇO A TODOS VOCÊS QUE DEEM UMA CHANCE PARA O PASTOR mARCOS FELICIANO, LEMBRE-SE TODOS NOS TEMOS DIREITOS IGUAIS.
    DEUS ABENÇOE A TODOS……

  3. Sou maranhense estou lamentando, a postura de alguns deputados inclusive a do deputado Dutra que é uma vergonha para nosso Estado e agora para conpletar se tornou um perseguidor de evangelicos acorda dutra as eleições estão chegando e só os votos dos homosexuais não vão te eleger!sabe Qual é a maior burrice dos deputados que estão lutando contra o pastor,é de se esquecerem que os evangelicos tem o segundo maior numero de fiéis alcançando quase a metade da população brasileira, o Brasil hoje é o terceiro pais com maior numero de evangelicos do mundo!háa e só pra refrescar a memoria dos senhores(as)se não fosse a união de homem e mulher vocês não existiriam.Para o dutra deixo algumas passagens biblicas 1corintios capitulo 6 versiculos 9e10 e também atos capitulo 9 versiculo 4,Chapadinha te espera Dutra com cartases da clase evangelica.

Deixe uma resposta