Julgamento do ex-goleiro Bruno começa nesta segunda-feira em Minas Gerais

1
Julgamento do ex-goleiro Bruno começa nesta segunda-feira em Minas Gerais
Julgamento do ex-goleiro Bruno começa nesta segunda-feira em Minas Gerais

Julgamento do ex-goleiro Bruno começa nesta segunda-feira em Minas Gerais. O ex-goleiro Bruno e sua ex-mulher, Dayanne Rodrigues, vão a júri popular a partir desta segunda-feira. O ex-atleta é acusado pela morte da ex-amante, Elisa Samudio, de 25 anos, e Dayanne responde pelo sequestro e cárcere privado de Bruninho, o filho da modelo com Bruno, crimes que aconteceram em 2010. O julgamento deve durar cinco dias.

O júri será presidido pela juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues e terá sete jurados, que decidirão os destinos de Bruno e Dayanne.

De acordo com o Ministério Público, oito acusados teriam sido ordenados por Bruno a participarem do sequestro da modelo, que foi morta e cujo corpo nunca foi encontrado. A motivação do crime seria o fato de o ex-goleiro não querer reconhecer a paternidade de Bruninho e nem pagar pensão a ex-amante.

Um dos acusados, o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como Bola, teve o julgamento desmembrado, com previsão de acontecer a partir do dia 22 de abril.

Novos suspeitos podem integrar à lista de acusados

Há poucas horas do início do julgamento, o policial civil aposentado José Lauriano de Assis Filho pode ser mais um dos acusados da morte de Elisa Samudio. A polícia suspeita que José tenha se encontrado com Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, no motel em Contagem (MG), onde Eliza e seu filho estavam antes de o crime acontecer.

Além disso, as investigações apontam que os dois trocaram 39 telefonemas entre o segundo dia do sequestro de Elisa e a noite da execução da ex-amante de Bruno.

“O Ministério Público tem convicção da participação do Zezé. Ele pode ser responsabilizado pelo homicídio, pelo sequestro de Eliza e de sua criança e também pela ocultação do cadáver da moça”, disse o promotor Henry Wagner Vasconcelos de Castro.

Outro policial suspeito de participar do crime é Gilson Costa, que trabalhava com Marcos Aparecido dos santos, o Bola. Além de já terem sido acusados pela morte de um homem em 2008, os dois trocaram mais de 50 ligações nos dias que antecederam o assassinato de Eliza.*(Informações SRZD)

1 COMENTÁRIO

  1. DEUS,VAMOS CONHECE~-LO ANTES,AMAR,LER A BIBLIA,JESUS NOS AMA BRUNO SE VC NÃO TEM CULPA DEUS ESTA VENDO TUDO DEIXA ELE AGIR AMÉM EU NÃO POSSO TE CONDENAR,JUSTIÇA SOMENTE DEUS PODE FAZER PEDE PERDÃO A DEUS,SEJA MESMO UM VERDADEIRO ADORADOR,LEVA A PALAVRA DEUS AOS 4 CANTOS MUNDO ABS

Deixe uma resposta