Tem que provar que eu sou homofóbico, diz Silas Malafaia sobre Avaaz

12
Tem que provar que eu sou homofóbico, diz Silas Malafaia sobre Avaaz
Tem que provar que eu sou homofóbico, diz Silas Malafaia sobre Avaaz

Tem que provar que eu sou homofóbico, diz Silas Malafaia sobre Avaaz. O pastor Silas Malafaia, conhecido por seus programas evangelísticos de televisão, promete processar o site Avaaz – que encoraja as pessoas a criarem suas próprias campanhas usando as ferramentas de abaixo-assinados. O site tirou do ar uma petição criada por fiéis pela não cassação de seu registro de psicólogo. “Vão ter que provar que eu sou homofóbico. Homofobia é doença”, diz, em entrevista exclusiva para A GAZETA.

A polêmica ganhou as redes sociais depois da entrevista à jornalista Marília Gabriela, no início do mês. Entre outras coisas, o pastor criticou os “ativistas gays” e disse não concordar com a adoção de crianças por casais homossexuais. “Amo os homossexuais como amo os bandidos”, afirmou.

Depois disso, dois abaixo-assinados surgiram: um para que Malafaia tenha seu registro de psicólogo cassado e outro a favor do pastor. No entanto, o último foi removido do site, tendo mais assinaturas que o primeiro (65 mil contra 55 mil).

À Folha de São Paulo, o responsável pelo Avaaz no Brasil, Pedro Abramovay, disse que se tratava de um “lobby para continuar práticas homofóbicas” , o que Malafaia prontamente refuta. O petição teria tido a retirada decidida em votação.

Malafaia é formado em Psicologia desde 1996, mas há 15 anos não atende mais, porque não quer misturar seus trabalhos de pastor. Ele não acredita que terá o registro cassado e dispara que “venceria em qualquer instância” caso isso ocorra. Confira o que ele diz:

Processo

O processo que tem lá (no Conselho Regional de Psicologia) foi aberto há uns quatro anos por ativistas gays da Bahia. Eles entraram com representação, porque eu, como pastor, me declarei contra o PL 122 (Projeto de Lei que criminaliza a homofobia). Esse processo foi arquivado. Há alguns meses um dos conselheiros resolveu desarquivar, mas o lado que me acusava não se apresentou para depor, não houve nada de novo.

Registro

Eles não vão pagar esse mico. Qualquer coisa, de um estatuto da Igreja até o regimento do conselho, nada pode superar a Constituição, que me garante, em seu Artigo 5º, o direito à liberdade de expressão. Eles vão tomar uma lambada.

Petição

Isso foi por causa da entrevista que dei a Marília Gabriela. Eu falo mesmo. Sou livre para me expressar. Esse negócio de politicamente correto… vai ver se eu tô na esquina. Alguém criou um abaixo-assinado no site pela cassação e em seguida um evangélico postou pela não cassação. Segunda-feira de manhã, o Avaaz retirou a minha petição do ar, com um argumento antidemocrático e imbecil. Ele devia ter parado era lá no início quando fizeram pela minha cassação. Disse que não iria dar voz ao lobby homofóbico.

Reação

Vou processá-lo. Os meus advogados já estão preparando. Ele vai ter que provar que eu sou homofóbico. Homofobia é uma doença. Estava bom enquanto estavam me atacando e quando alguém se lança ao meu favor ele é um juiz que manda retirar a petição? Isso é absurdo, antidemocrático e boçal.

Campanhas

Estamos fazendo uma campanha na Avaaz americana. Já mandamos mais de mil e-mails por quem escreve bem em inglês. Depois de 65 mil pessoas me apoiando, quando a minha defesa ultrapassa os que me acusam, ele tira a petição? Estamos há dois dias e meio com 165 mil assinaturas no meu site Verdade Gospel, pela não cassação do meu registro. E vamos ultrapassar os 400 mil.

Opinião

É um direito que eu tenho de não concordar. Falam mal de pastores, de padres, de políticos, mas se falar mal de gay é homofobia… As pessoas têm todo direito de não gostar de pastor, ou de não concordar com os evangélicos.

Pastor x psicólogo

Marília Gabriela entrevistou o pastor e não o psicólogo. Se alguém me pedir para dar entrevista como psicólogo, não vou. O Conselho Federal de Psicologia vai determinar o que eu falo? Só no Brasil existe essa regra. Não existe essa norma em nenhum país do mundo. E se eu como psicólogo quisesse formalizar uma tese sobre a homossexualidade? A ciência não fecha questão… Onde já se viu a ciência pegar um assunto e dizer que não vai mais tocar nele?

Homofobia

Quando ele declara que não quer dar espaço para o lobby da homofobia, está dizendo que 65 mil pessoas são homofóbicas. Se cassarem o meu registro será uma vergonha para o conselho. Vou ganhar mole em qualquer instância.

Conselho quer psicologia laica

Procurado por A GAZETA, o Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro diz que não se pronuncia exclusivamente sobre o caso. No entanto, o órgão divulgou uma nota sobre psicologia laica. “A ética na Psicologia deve ser laica, aberta ao diálogo não somente entre os pares, mas também com toda a sociedade civil”, diz o texto. Já o Avaaz não possui no site telefone de contato no Brasil.*(Com informações de A Gazeta)

12 COMENTÁRIOS

  1. Tô contigo Wagner Blessed, as palavras do Silas Malafaia representa a opinião da grande massa brasileira.Esta provado nos números; 65 mil contra 55mil.

  2. Beleza, vou fundar uma igreja, distribuir minha renda, pagar as contas do templo com fé e viver a vida a base da fé. Bando de retardado que não sabem nada sobre uma igreja envagélica e acreditam só no que a mídia quer passar sem ver o que realmente há por trás da crença protestante.

  3. Eu acho é graça desses processos,somos obrigados agora a concordar com homossexualidade que vai de confronto as familias brasileiras??
    Onde isso vai parar ? vamos levar nossa familia a uma pízzaria e nossos filhos pequenos vão ser obrigados a ver dois homens de barba se beijando ? ou duas mulheres se beijando ?? o comportamento homossexual agora é obrigatório na sociedade ? nao adianta se a bíblia condena , Deus rejeita e nos reprovamos também , nosso direito ! Malafaia é um gênio da oratória e profundo conhecedor das leis do país nem adianta que esse aí voces vão ter que engolir ! =)

Deixe uma resposta