Polícia prende mais três médicos no Hospital Evangélico de Curitiba

0
Polícia prende mais três médicos no Hospital Evangélico de Curitiba
Polícia prende mais três médicos no Hospital Evangélico de Curitiba

Polícia prende mais três médicos no Hospital Evangélico de Curitiba. Três anestesistas do Hospital Evangélico, em Curitiba, foram presos pela Polícia Civil do Paraná, ontem. Eles trabalhavam com a apelidada ‘Doutora Morte’, a médica Virgínia Soares de Souza, chefe da UTI da unidade de saúde, presa desde terça-feira, acusada de mandar desligar aparelhos que mantinham pacientes vivos.

Um quarto mandado de prisão não havia sido cumprido até a noite de ontem pelo Núcleo de Repressão aos Crimes Contra a Saúde (Nucrisa). Os médicos Maria Israela Cortez Boccato e Edison Anselmo da Silva Júnior foram levados para a sede do Nucrisa. Anderson de Freitas estava em Santa Catarina e se apresentou à polícia acompanhado do advogado.

As prisões reforçam a tese do delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinicius Michelotto, de que havia mais pessoas envolvidas nos crimes. Cerca de 20 pessoas ligadas à médica estão sob investigação.

O advogado de Virgínia, Elias Mattar Assad, entrou com pedido na Justiça para ter acesso ao material que contém gravações telefônicas de sua cliente.*(Informações O Dia)

Deixe uma resposta