Pastor morre em ataque no Quênia, outro fica ferido

0
Pastor morre em ataque no Quênia, outro fica ferido
Pastor morre em ataque no Quênia, outro fica ferido

Pastor morre em ataque no Quênia, outro fica ferido. Quinta-feira passada, 7 de fevereiro, o pastor Ibrahim Makunyi, da Igreja Pentecostal da África Oriental e Abdi Welli, um líder cristão bem conhecido na área foram baleados na saída de um banco, em torno das dez horas da manhã. Welli foi declarado morto na chegada ao hospital, enquanto Makunyi foi imediatamente levado a um local onde poderia ser tratado. Até o momento, seu estado permanece estável.

Cristãos locais, profundamente entristecidos pela perda de Abdi Welli, insistem que este não foi um ataque aleatório. Como ex-muçulmano, convertido ao cristianismo, frequentemente ele recebia ameaças de morte. Mas, apesar da perseguição, ele permaneceu irredutível em seu testemunho cristão.

Na última semana, a comunidade cristã no nordeste do Quênia foi surpreendida com a notícia de que pistoleiros desconhecidos atacaram dois líderes da Igreja, em Garissa. A violência é resultado da forte perseguição enfrentada por aqueles que professam fé em Cristo Jesus.

O pastor Abdi Welli deixou a esposa Hellen e três filhos jovens.

Informações: Portas Abertas Internacional
TraduçãoAna Luíza Vastag

Deixe uma resposta