Pastor da Assembleia de Deus é preso por manter madrasta em cárcere privado

1

Pastor da Assembleia de Deus é preso por manter madrasta em cárcere privado. O pastor da Assembleia de Deus Raimundo Pereira, de 67 anos, foi preso na terça-feira, 19, por manter a madrasta, Josefina Pereira (Zefinha),  93, em cárcere privado.

Pastor da Assembleia de Deus é preso por manter madrasta em cárcere privado
Pastor da Assembleia de Deus é preso por manter madrasta em cárcere privado

Segundo o PM Edson Gomes, do Pelotão de Emprego Tático Operacional da 37ª Companhia, foi preciso arrombar um cadeado para a retirada da idosa da residência, na Rua da Alegria, Baixa do Curuzu, no bairro da Liberdade.

Ele revelou, ainda, que a idosa estava muito abalada e com as roupas sujas de fezes. De acordo com Ângela Silva, ex-cuidadora de Josefina, a vítima era maltradada por Raimundo: “Ele a maltratava, xingava. Cansei de tomar a frente para ele não bater nela”, denunciou.

Perguntado sobre o porquê de maltratar a  madastra, o pastor, preso ao chegar em casa, negou e disse que tinha saído para buscar remédio para ela. Segundo ele, dona Zefinha “é que é muito violenta e bate em todos”.*(Informações A Tarde UOL)

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta