Mais de 50 cristãos são detidos no Sudão

0
Mais de 50 cristãos são detidos no Sudão
Mais de 50 cristãos são detidos no Sudão

Mais de 50 cristãos são detidos no Sudão. Pelo menos 55 cristãos foram detidos pelo governo sudanês, nas duas últimas semanas. Christian Solidarity Worldwide (CSW) diz que o grupo inclui os líderes da igreja e que foram falsamente acusados ​​de receber dinheiro de países estrangeiros, incluindo Israel.

Houve uma repressão sobre os cristãos que trabalham em organizações voluntárias, desde o final do ano passado.

Cerca de uma centena de trabalhadores estrangeiros supostamente sendo deportados nos últimos meses e cristãos sudaneses foram detidos para interrogatório pelos serviços de segurança.

O clima no Sudão tem sido hostil para com os cristãos desde que o Sudão do Sul ganhou a independência em 2011.

Andrew Johnston, diretor da CSW, disse que estava profundamente preocupado com as detenções arbitrárias.

“Instamos o governo sudanês para liberar esses prisioneiros e acabar com sua campanha de perseguição contra a comunidade cristã”, disse.

“Também instamos o governo mais uma vez para realizar amplas consultas durante a elaboração da nova Constituição e garantir que reconhece os direitos de todos os cidadãos sudaneses, à liberdade de religião ou crença, conforme descrito no artigo 18 do Pacto Internacional sobre Direitos Civis Direitos Civis e Políticos (PIDCP), da qual o Sudão é signatário”.

Deixe uma resposta