Cristãos e Muçulmanos se unem para criação de partido político na Rússia

3
Cristãos e  Muçulmanos  se unem para criação de partido político na Rússia
Cristãos e Muçulmanos se unem para criação de partido político na Rússia

Cristãos e  Muçulmanos  se unem para criação de partido político na Rússia.Cristãos de diferentes confissões, apoiados por muçulmanos, judeus e até mesmo por alguns agnósticos, se reuniram na Rússia para a convenção de fundação do Partido dos Dez Mandamentos, movimento secular que procura estabelecer princípios éticos e religiosos na sociedade.

A convenção fundadora recebeu 134 delegados de 45 diferentes regiões russas. O chefe do movimento recém-criado é Sergei Mezentsev, filósofo e líder do movimento Rússia Bem-Aventurada. Ele começou a criar o partido há, aproximadamente, um ano, quando anunciou que o projeto seguiria as normas comuns espirituais e éticas baseadas nos conhecidos dez mandamentos bíblicos.

Apesar do fato do movimento Rússia Bem-Aventurada congregue principalmente batistas evangélicos, o Partido dos Dez Mandamentos ganhou o apoio da Igreja Ortodoxa Russa. O chefe do departamento do Santo Sínodo para as relações entre a Igreja e a sociedade, Vsevolod Chaplin, falou na convenção e disse que esperava que a nova legenda “trouxesse de volta a dimensão ética e os mandamentos de Deus para a prática cotidiana política e a vida em sociedade”.

O religioso lamentou que “muitos (…) cidadãos compreendam a sociedade secular como uma manifestação do secularismo militante ligado à destruição das culturas tradicionais dos povos da Rússia”. Ele acrescentou que “nenhuma das religiões pode, por si só, dar uma resposta adequada a estes desafios”.

No entanto, em comentários posteriores, Chaplin garantiu que a Igreja Ortodoxa Russa não tenciona conceder qualquer preferência ao Partido dos Dez Mandamentos e que está aberta ao diálogo igualitário com todas as forças políticas que não rejeitem tal comunicação.

Chaplin lembrou que os padres ortodoxos não podem se filiar ao partido, já que desde 1997 são proibidos pela Igreja de tomar parte em projetos políticos, mas saudou o partido de Sergei Mezentsev pela participação dos fiéis, sejam eles protestantes, cristãos ortodoxos, católicos romanos, muçulmanos, judeus, ou até mesmo agnósticos que seguem valores religiosos tradicionais em suas vidas.

A legenda ainda não está registrado oficialmente para concorrer a eleições, e isso pode ser um problema para seus fundadores. Na verdade, a lei russa proíbe a criação de partidos políticos baseados em crenças religiosas. Os regulamentos, e até mesmo os nomes dos partidos políticos, não podem afirmar a proteção dos interesses religiosos como um objetivo.*(Informações Diário da Rússia)

3 COMENTÁRIOS

  1. O comunismo não deve ser um partido bom , o comunismo matou 100 milhões de pessoas, china 65 milhões, União Soviética 20 milhões . Sobre o capitalismo, “confiscar a minha gravata” estamos em campo dos objetos pessoais, O nazismo matou 30 milhões menos que o comunismo. A China , Coreia do Norte e Cuba nesse seculo 20, e criou partidos unicos , (Tchetchenia, Uzbequistão, Cazaquistão, etc…)
    Há cem anos atrás o 4 º poder das Igrejas Cristãs, formavam inquisitores, perseguidores e saiu dos três poderes legislativos. Libertavam prisioneiros só que eles pediam a soltura depois que recebessem o pagamento, ou seja, os mais ricos os pobres continuavam presos.

  2. Um padre querendo o 4º poder que é a politíca. Já sabe que nas prisões tem igreja para reformar e dar dignidade aos prisioneiros que comem e dormem o dia inteiro. Hitler disse que comunismo matou mais que nazismo. A igreja fez a Inquisição é só olhar pra trás. Não queremos a 1ª guerra nem a segunda guerra mundial, mas talvez estejamos na Trilogia dela.

  3. A Suprema Corte da Espanha, revogou a lei que proibia o uso de véu e os devidos trajes das muçulmanas, porque recebeu ameaças da IRMANDADE MUÇULMANA!!!

    Assim como, todos os MOVIMENTOS contra os islamitas na Europa, logo são silenciados, porque os organizadores recebem ameaças de morte, nas quais estão incluindo os familiares.

    É terrorismo oculto, feito através do TELEFONE.

    Obs.: Também, sob ameaça de morte, forçam que se converta ao islamismo.

    Os muçulmanos se impõem na Europa, através de ameaças de morte ou ameaças de incêndios provocados, seja numa residência ou instituição pública, como foi o caso da Suprema Corte da Espanha.

    Exemplo claro: o caso do político holandês, que quer livrar seu país dos islamitas, e tem todos os motivos, e devido a isso, tem que andar com seguranças, usar carro blindado, para não ser assassinado pelos muçulmanos, em seu próprio país!

    Obs.: os muçulmanos sempre envolvem os judeus nessas descriminações, sendo que os judeus nunca foram taxados como assassinos, estupradores ou terroristas. É uma jogada maquiavélica dos islamitas, tentando espalhar o anti-semitismo pelo mundo, com intenção de enfraquecer a ISLMOFOBIA.

    Ainda, os islamitas pertencem a uma Seita Pedofílica e política, denominada islamismo, que se intitula religião, sem o ser, na qual a pedofilia é legalizada por lei do Islã.

    Em razão disso, se acham no direito de estuprar nossas crianças, podendo levá-las à morte, por hemorragia interna, e se sobreviverem, ficarão traumatizada para o resto de suas vidas.

    Uma coisa é certa, eles também tem família, como nós!!!

    Então, vamos aplicar nos muçulmanos, a Lei de Talião:

    ‘OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE’.

    Assim, não poderão mais nos intimidar com ameaças, porque saberão que haverá o troco!!!

    No Oriente Médio, matam, estupram e mutilam cristãos e membros de outras religiões.

    Por que temos que os tolerar na Europa e em outros países civilizados, se eles nos odeiam e matam?

    VAMOS DAR UM BASTA!!! NÃO VAMOS CONTINUAR A SERMOS AMEAÇADOS, ASSASSINADOS OU DEIXAR QUE ESTUPREM NOSSAS MENINAS, PELOS PEDÓFILOS MUÇULMANOS, EM NOSSOS PRÓPRIOS PAÍSES, ONDE SÃO INTRUSOS!!!

    E, viva a ISLAMOFOBIA, que varrerá do mundo, a chaga da humanidade: o islamismo e suas perversões sexuais: a pedofilia

Deixe uma resposta