Pastor diz que ajuda de Zeca Pagodinho foi fundamental em Xerém RJ

0

 pastor Ângelo BemvindoPastor diz que ajuda de Zeca Pagodinho foi fundamental em Xerém RJ.Enquanto as autoridades públicas ainda estão estudando como ajudarão as centenas de pessoas desabrigadas pelas fortes chuvas que atingiram Xerém, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, organizações civis arregaçam as mangas, a exemplo do cantor Zeca Pagodinho – um dos primeiros a ajudar as vítimas.

Na Primeira Igreja Batista de Xerém, onde doações estão sendo arrecadadas, o exemplo do artista ainda repercute. “A ajuda de Zeca Pagodinho e dos seus amigos e família foi fundamental. Eles chegaram antes do poder público e deram os primeiros socorros às pessoas que tinham acabado de perder tudo”, conta o pastor Ângelo Bemvindo.

A família do cantor continua ajudando os desabrigados, organizando as doações na igreja juntamente com amigos e empresários. “Conseguimos montar uma estrutura como o que temos aqui, oferecendo cerca de 1,5 mil refeições por dia para as pessoas”, disse o pastor.

Pastor diz que ajuda de Zeca Pagodinho foi fundamental em Xerém RJ
Pastor diz que ajuda de Zeca Pagodinho foi fundamental em Xerém RJ

O cantor foi um dos primeiros a ajudar as vítimas da chuva em Xerém

Histórico de deslizamentos
Em janeiro de 2011, a baixada fluminense enfrentou a maior tragédia climática da história do Brasil. Foram 918 mortos e mais de 215 desaparecidos após as fortes chuvas que atingiram sete municípios da região. As cidades mais atingidas foram Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis, Bom Jardim, Areal, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto.

No ano anterior, em 2010, uma série de deslizamento deixou 30 mortos em Angra dos Reis nas primeiras horas do dia 1º de janeiro. O deslizamento de uma encosta atingiu uma pousada e sete casas na Ilha Grande, matando pelo menos 19 pessoas. No continente, 11 pessoas morreram em outro desmoronamento.Informações Terra

Deixe uma resposta