Igrejas no Rio de Janeiro abrem portas para os desabrigados pelas chuvas

1
Igrejas no Rio de Janeiro abrem portas para os desabrigados pelas chuvas
Igrejas no Rio de Janeiro abrem portas para os desabrigados pelas chuvas

Igrejas no Rio de Janeiro abrem portas para os desabrigados pelas chuvas. Com as constantes chuvas que deixaram mais de 4.500 pessoas desabrigados, em oito cidades do Rio de Janeiro, igrejas evangélicas e católicas abrem as suas portas para dar abrigo aos desabrigados.

“A igreja vai ficar com as portas abertas enquanto for preciso. É muito triste”, lamentou a pastora de uma das igrejas de Xerém, Esmeraldina Quaresma.

Outros afetados pelas chuvas estão sendo direcionados a abrigos nas Igrejas metodistas de Mantiqueira e Pedreira, além da igreja católica e a Escola Ely Combat.

Segundo divulgou a Defesa Civil nesta sexta-feira, ao todo desde a noite de quarta-feira, 4.800 pessoas deixaram as suas casas. Uma pessoa morreu e outras oito estão desparecidas.

Angra dos Reis teve o maior número de afetados, com 320 pessoas desalojadas, 160 desabrigadas e mais de 2.380 retiradas de suas casas por agentes públicos.

Em Duque de Caxias, onde houve a ocorrência de um morto em Xerém, 45 casas foram destruídas e outras 200 foram danificadas. Ainda, cerca de mil pessoas foram desalojadas e 270 desabrigadas.

Segundo a meteorologista da Defesa Civil, uma frente fria provocou a precipitação no Rio de Janeiro. A previsão é de que a chuva continue até sábado na costa verde, na região serrana e na Baixada Fluminense.Informações The Christian Post / UOL

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta