Brad Pitt irá fazer o papel de Pilatos, homem que condenou Jesus Cristo

0
Brad Pitt irá fazer o papel de Pilatos, homem que condenou Jesus Cristo
Brad Pitt irá fazer o papel de Pilatos, homem que condenou Jesus Cristo

Brad Pitt irá fazer o papel de Pilatos, homem que condenou Jesus Cristo.O astro de cinema Brad Pitt está em negociações avançadas com a Warner Brothers para fazer o papel de Pôncio Pilatos, em filme épico.

A empresa já havia anunciado planos de fazer o filme, drama de época, com foco principal na vida de Pilatos, que foi o homem que, de acordo com a Bíblia, condenou Jesus à morte na cruz, apesar de não ter sido encontrado nele nenhuma culpa.

Com roteiro escrito por Vera Blasi, o filme oferecerá uma visão diferente e humanizada da figura bíblica controversa, de acordo com informações do site de celebridades americano Celebrity Gossip.

Segundo o site americano Deadline, o roteiro apresenta um soldado romano capaz orgulhoso, em que a sua arrogância e incapacidade de compreender a devoção dos cidadãos e do seu ódio aos ocupantes romanos e seus deuses pagãos o leva a tomar decisões catastróficas.

Ainda de acordo com o roteiro, Pilatos se encontra em uma situação desesperadora em que precisa de aprovação do público quando ele é convidado a decidir o destino de um rabino de 33 anos acusado por anciãos religiosos alegando que ele é o Rei dos Judeus.

João Batista, Salomé e Maria Madalena, personagens bíblicos do Antigo Testamento, além de Calígula e Tibério, imperadores romanos, também estarão no filme que traçará a vida de Pilatos até a permissão da morte de Jesus Cristo.

Ainda não foram divulgadas informações sobre o nome original do filme, filmagem, nem sobre a previsão de lançamento.

William Bradley Pitt, mais conhecido como Brad Pitt, hoje tem 49 anos. É premiado ator e produtor cinematográfico norte-americado e atualmente é considerado um dos maiores símbolos sexuais do cinema.

O astro é casado com a estrela Angelina Jolie e tem seis filhos, sendo três adotivos e três biológicos.Fonte: Christian Post

Deixe uma resposta