Três cristãos são mortos e uma Igreja destruida no Sudão

0

Três cristãos são mortos e uma Igreja destruida no Sudão

As Forças Armadas do Sudão, nas últimas duas semanas, bombardearam áreas das Montanhas Nuba – matando três cristãos, destruindo duas estruturas de agência de socorro e o prédio de uma igreja.

Três cristãos são mortos e uma Igreja destruida no Sudão
Três cristãos são mortos e uma Igreja destruida no Sudão

De acordo com relatos, Dawla Angalo, 60, um membro da Igreja em Heiban, morreu durante o bombardeio em Kordofan do Sul. Fontes disseram que ele morreu enquanto estava sendo levado às pressas para um hospital. A explosão matou ainda Khamisa Kuku (40), que era uma mulher cristã. O ataque à bomba, feito por um avião de fabricação russa, feriu Mariam Hamdan (55) e quebrou suas duas pernas. Suliman Kuku, um cristão de 42 anos de idade e uma menina de seis anos de idade chamada Nadia Tutu também foram encontrados mortos. Três casas, incluindo a de Kuku foram destruídas no bombardeio, de acordo com relatórios online de notícias do portal Nuba.

“É muito triste – estamos perdendo nossos membros”, disse um pastor da região, que pediu anonimato.

Mohammod Idris, 25, e Stephen Yousif, 23, foram feridos no ataque, segundo relatórios de Nuba. “Eles estão mirando igrejas – eles destruíram a escola bíblica da última vez, e agora a Igreja local”, disse o pastor. A Escola Bíblica já havia sido reduzida a cinzas em 1º de fevereiro também num atentado aéreo por um avião Antonov.

O Sudão foi divido entre norte e sul em um referendo realizado em 9 de julho 2011. Com a divisão do país em Sudão do Sul e Sudão (norte), o Sul ficou com uma população majoritariamente cristã, e o norte, muçulmana. Desde que o conflito militar começou, militares sudaneses bombardearam igrejas Nuba, escolas e fazendas, causando muitas mortes.

Milhares de civis supostamente se refugiaram em cavernas nas montanhas Nuba. Muitas pessoas têm queixas de negligência, opressão e conversões forçadas ao Islã em uma jihad*. O movimento rebelde crescendo nas Montanhas Nuba provocou tensões e o Sudão teria bombardeado civis no Sudão do Sul Estado de Bahr El Ghazal do Norte, em novembro,matando sete pessoas.

* “jihad” é o esforço e empenho em fazer a pessoa se converter ao islamismo, através de uma ação.

Pedidos de oração

• Ore para que haja paz de Deus, no norte e no sul do Sudão e para que esta paz guarde o coração e a mente dos cristãos em Cristo Jesus.

• Peça a Deus que proteja seus filhos de qualquer ataque físico ou espiritual que os impeçam de segui-lo.

Veja também:

Igreja cristã na Nigéria é destruida por ataque suicida e deixa 11 mortos

Dez Cristãos foram mortos por militantes islâmicos na Nigéria

Informações Porstas Abertas

Deixe uma resposta