Pastor Yousef Nadarkhani é preso novamente

1
Pastor Yousef Nadarkhani é preso novamente
Pastor Yousef Nadarkhani é preso novamente

Pastor Yousef Nadarkhani é preso novamente.

O pastor iraniano que fora preso no Irã por causa de sua conversão do islamismo para o cristianismo ficou famoso no mundo todo. Tendo passado por diferentes julgamentos, que eram sempre adiados ele voltou para casa este ano, depois de quase 3 anos atrás das grades.

Mas notícias de agências internacionais  como Fox News e Christian Solidarity WorldWide (CSW), noticiaram que ele foi levado para a cadeia novamente no dia de Natal.

Aos 35 anos, o Pr Yousef Nadarkhani, foi levado novamente para a Penitenciária de Lakan, na região de Rasht. A justificativa é que ele deveria completar o restante de sua pena, informaram pessoas próximas a Nadarkhani.

Em setembro, o pastor foi absolvido da acusação de apostasia, mas o tribunal manteve a sentença de três anos por evangelizar muçulmanos. Como ele já cumpriu quase três anos, o pastor foi libertado após pagar fiança.

O tribunal afirmou na época que os cerca de 45 dias restantes seriam em liberdade provisória. Aparentemente, a justiça do Irã mudou de ideia três meses depois. Não se sabe quanto tempo Nadarkhani, que é casado e pai de dois filhos, ficará na penitenciária.

Ele trava uma batalha com o regime muçulmano que governa o Irã desde 2006, quando pediu que sua igreja fosse reconhecida pelo Estado. Logo em seguida ele foi preso na época, mas liberado logo em seguida.

Em 2009, Nadarkhani voltou a procurar as autoridades locais para reclamar sobre a doutrinação islâmica que seus filhos recebiam na escola. Foi então que ele foi preso no processo que o tornou conhecido. Após a sua libertação, Nadarkhani escreveu uma carta pública agradecendo a todos aqueles que oraram por sua libertação e pressionaram o governo. Em novembro, ele viajou a Londres para falar em uma conferência sobre direitos humanos, mas retornou ao Irã em seguida.

Mesmo após Nadarkhani ser solto, seu advogado, Mohammed Ali Dadkhah, que fora preso por defender o pastor e outros casos de direitos humanos, continuou na prisão de Evin. Relatos de sua família afirmam que sua saúde está se deteriorando rapidamente e ele não está recebendo atendimento. Traduzido de Fox News.

Após sua soltura, Nadarkhni participou de uma conferência da CSW, em Londres, onde testemunhou sobre seu tempo na prisão e agradeceu pelas orações em seu favor.

Um dos diretores da CSW, Mervyn Thomas, lamentou que o pastor tenha sido preso novamente: “Estamos decepcionados ao ouvir que o pastor Nadarkhani foi devolvido à prisão de uma maneira tão irregular.

O momento é insensível e especialmente triste para sua esposa e filhos, que devem ter estado ansiosos para celebrar o Natal com ele, pela primeira vez em três anos. Esperamos que pastor Nadarkhani seja liberado sem demora, uma vez esta fase alegada foi totalmente cumprida. Nós também estamos pedindo orações para a segurança do pastor, e para sua família neste momento difícil”.As informações são gospel prime

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta