Filme cristão faz denuncias tráfico de pessoas na Índia

0

Filme cristão faz denuncias tráfico de pessoas na Índia

Filme cristão faz denuncias tráfico de pessoas na Índia
Filme cristão faz denuncias tráfico de pessoas na Índia

Como todo bom filme, “Hoje Não” tem o objetivo de te envolver com a sua história. Mas a história é mais do que apenas sobre os personagens na tela, é sobre um grupo de pessoas praticamente escravizadas e sobre o tráfico de seres humanos na Índia. O filme tem previsão para ser lançado nos cinemas americanos na primavera (outono no Brasil) de 2013.

Abatido pelo sistema de castas há séculos, os dalits estão sofrendo na Índia, com crianças sendo comprados e vendidos todos os dias. O ministério Amigos da Mídia, da Igreja em Yorba Linda, Califórnia, criou este filme cristão para ser uma voz para os sem voz.

Pastor Cork Mateus, produtor executivo do “Hoje Não” disse: “Os dalits não são considerados humanos, não recebem educação. Eles são usados e abusados e não tem nenhum recurso ou direito à justiça; não há proteção contra a aplicação da lei, nenhum acesso aos tribunais; nenhuma voz política, sem esperança de mobilidade ascendente.

“Nossa meta para todo o movimento não é pequena: Eliminar o sistema de castas, para libertar os dalits O mundo precisa entender que a escravidão ainda existe, que ainda hoje as crianças são comprados e vendidos como gado, que as meninas são forçadas a entrar no escuro comércio do sexo ilícito, que meninos e meninas são forçados a mendigar nas ruas, e trazer de volta seus rendimentos para encher os bolsos de bandidos que abusam delas à noite”.

Trabalhando em parceria com a Rede de Liberdade para os Dalit, a Igreja na Califórnia fez um compromisso de construir 200 escolas para as crianças Dalits. Com a educação, jovens Dalits ganharão uma compreensão de que todos nós somos criados iguais e podemos viver vidas cheias de propósito.

Segundo o Dr. Joseph D’Souza, Presidente Internacional da Rede Liberdade Dalit, “Por dois mil anos, uma religião dominante marca mais de um quarto da população do nosso país como sub-humanos. São quase 300 milhões de pessoas conhecidas por muitos como dalits. Historicamente, qualquer interação entre este grupo alienado e o principal foi recebido com duras penalidades, até mesmo a violência. O separatismo foi a norma aceita. E isso coloca o nosso país em aliança com o apartheid da velha África do Sul e com alguns dos piores sistemas de escravidão no mundo”.

É possível mudar tudo na Índia com um filme? Não. Mas se o filme puder abrir os olhos de milhões de pessoas e desafiá-las a se juntar nesta luta significativa? Há um desejo no coração do homem pela liberdade. É um anseio universal. Hoje não é um lembrete poderoso e uma chamada para a ação. Se “Não Hoje”, então quando?” disse pastor Cork.

Trailer Filme: How in the World Can You Make a Difference? (Como você pode fazer a diferença no mundo ?)

Para mais informações, clique aqui / Informações CPADNews

Deixe uma resposta